24.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 20, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

Faturamento com filmes brasileiros despenca 17% no cinema em 2023

O faturamento com filmes brasileiros despencou 17% no cinema em 2023 em comparação ao ano anterior. O valor caiu de R$ 71 milhões em 2022 para R$ 59 milhões. Os dados são do Painel de Indicadores do Mercado de Exibição, levantados pela Agência Nacional do Cinema (Ancine).

A queda na arrecadação é ainda maior quando comparada ao período pré-pandemia da covid-19, quando as obras nacionais arrecadaram R$ 319,14 milhões, em 2019. O valor, comparado a 2023, representa uma queda de 81,4%.

+ Leia mais notícias sobre Brasil em Oeste

O número de sessões reservadas para títulos nacionais também caiu em 2023. Cerca de 7% das salas de exibição foram de filmes brasileiros, enquanto 93% se destinaram a filmes estrangeiros. Já em 2019, cerca de 15% das sessões se reservavam a filmes nacionais.

Ao todo, os cinemas brasileiros exibiram 718 filmes. Desses 37%, o equivalente a 267, eram produções nacionais.

Menos telespectadores

O número de telespectadores também caiu em 2023. Cerca de 3,2 milhões de pessoas assistiram a filmes brasileiros, enquanto em 2022 foram cerca de 4 milhões. Em 2019, os longas nacionais atraíram 23 milhões de pessoas.

Leia mais: “Os 15 filmes mais esperados de 2024; veja os lançamentos”

O cinema seguiu o caminho contrário dos filmes brasileiros e recebeu 18,3% mais público em 2023, comparado ao ano anterior. Foram 113 milhões de telespectadores. As bilheterias também faturaram mais: foram R$ 2,2 bilhões em 2023, contra R$ 1,8 bi em 2022.

Os números não alcançaram o valor arrecadado em 2019, quando R$ 2,7 bilhões entraram nas contas dos cinemas do Brasil.

Barbie fica em 1º no Brasil

margot robbie barbie 3
Protagonizado por Ryan Gosling e Margot Robbie, Barbie alcança a primeira colocação entre os filmes mais assistidos no cinema brasileiro | Foto: Reprodução/YouTube/Warner Bros. Pictures

O filme mais visto de 2023 no cinema brasileiro foi Barbie, que arrecadou R$ 207 milhões, seguido por Velozes e Furiosos 10 e Super Mario Bros. Entre os 20 mais vistos, nenhum é brasileiro.

Em dezembro de 2023, o Congresso Nacional aprovou o retorno da cota de telas para produções nacionais. A medida era vigente até 2021, quando os cinemas eram obrigados a exibir obras brasileiras de longa-metragem.

Leia também: “Ex-diretor da Globo rompe o silêncio e critica produção de novelas da emissora”

A decisão tinha validade até 2023. Os detalhes da medida deverão ser atualizados todos os anos pelo Poder Executivo por meio de decreto de lei.

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias