24.6 C
Distrito Federal
sexta-feira, julho 19, 2024

Tendas de acolhimento foram responsáveis por mais de 54 mil atendimentos

A desmobilização das tendas de acolhimento e hidratação para pacientes com dengue chega à reta final. As últimas duas estruturas – localizadas no Varjão e Areal – serão desmontadas hoje e amanhã (27). Ao todo, as 11 tendas foram responsáveis por mais 54 mil atendimentos, além de 634 transferências e mais de 62 mil exames

Instaladas desde abril, as tendas tinham como objetivo ampliar o acesso ao atendimento de pacientes com sintomas de dengue, reduzindo a carga em outras unidades. As estruturas estavam próximas às unidades de pronto atendimento (UPAs), hospitais ou unidades básicas de saúde (UBSs), com atendimento em todos os dias da semana.

As instalações contavam com equipe formada por coordenador, médicos – incluindo pediatra – enfermeiros, técnicos de enfermagem e laboratório, especialistas em laboratório, apoios administrativos, farmacêuticos, pessoal de limpeza e seguranças.

Onde procurar atendimento

Em caso de suspeita de dengue, a população deve procurar sua UBS de referência. Porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), as unidades possuem profissionais capacitados para atendimento necessário. Os sintomas de dengue incluem febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores no corpo e nas articulações, náuseas, vômitos e manchas vermelhas na pele.

Cronograma de desmobilização

As seguintes tendas já foram desmobilizadas:

– Guará: 10 de junho
– Gama: 11 de junho
– Paranoá: 12 de junho
– Planaltina: 13 de junho
– Ceilândia: 15 de junho
– Taguatinga: 22 de junho
– Vicente Pires: 23 de junho
– Samambaia: 24 de junho
– Hran: 25 de junho

Mais duas tendas serão desmontadas hoje e amanhã:

– Varjão: 26 de junho
– Areal: 27 de junho

*Com informações da SES

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias