24.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Homem é preso por feminicídio após matar a mulher e inventar assalto em MS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Um homem foi preso por feminicídio após fingir que a mulher teria sido vítima de um assalto no Mato Grosso do Sul.

O homem de 45 anos disse à polícia que a mulher havia sido assaltada por usuários de droga. Na versão dele, o crime aconteceu quando ela foi comprar cerveja e cigarro em Sidrolândia (MS), na quarta-feira (3).

A vítima, identificada como Luciene Braga Morale, de 50 anos, foi levada ao hospital Elmíria Silvério Barbosa. Ela já chegou sem vida e apresentava certa rigidez cadavérica, segundo disse o médico responsável pelo atendimento.

A equipe da unidade de saúde acionou a polícia ao perceber que ela tinha sinais de espancamento. A investigação mostrou que o suspeito do crime seria o companheiro da vítima.
No local onde eles dormiam, a polícia encontrou uma blusa masculina suja de sangue e um lençol ensanguentado. O homem também tinha ferimentos na mão e não soube explicar a origem.

O suspeito foi preso em flagrante e autuado pelo crime de feminicídio. Como o nome dele não foi divulgado, a reportagem não conseguiu localizar a defesa. O espaço fica aberto para manifestações.

EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIA
Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.
Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.
Também é possível realizar denúncias pelo número 180 -Central de Atendimento à Mulher- e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Justica

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias