26.6 C
Distrito Federal
terça-feira, maio 28, 2024

Grosjean comenta saída de Steiner da Haas

Romain Grosjean e Gunther Steiner

Romain Grosjean, ex-piloto da Haas na Fórmula 1, reagiu à reestruturação administrativa da equipe antes da temporada 2024.

A Haas anunciou no início desta semana que Gunther Steiner deixou seu cargo de chefe da equipe, sendo substituído por Ayao Komatsu.

Grosjean já trabalhou bastante com Komatsu, que inclusive foi seu engenheiro de corrida na Lotus antes de eles se transferirem juntos para a Haas.

Grosjean passou cinco temporadas na equipe norte-americana, ingressando em 2016 saindo no final de 2020 após seu terrível acidente no GP do Bahrain.

Embora o francês não saiba exatamente o que aconteceu nos bastidores em meio à saída de Steiner, ele ficou satisfeito com a promoção de Komatsu.

“Eu não sei o que aconteceu”, declarou Grosjean. “Não sei mais detalhes do que você, mas desejo a Gunther tudo de melhor em seu próximo capítulo”.

“Ele definitivamente é um homem que tem muitas ideias e coisas para fazer, mas para mim o principal é que estou muito feliz por Ayao”.

Apesar de seus anos na F1 terem ficado para trás, Grosjean compartilha uma forte amizade com Komatsu.

O engenheiro nascido em Tóquio tem agora a tarefa de tirar a Haas do fundo do grid – o que será um “enorme desafio”, de acordo com Grosjean.

“Sim, vi a notícia como a maioria de nós, estou muito feliz por Komatsu”, disse o francês.

“Em primeiro lugar, ele é um grande amigo meu. Competi em todas as minhas 181 corridas de F1 com ele trabalhando no meu carro de alguma forma”.

“Os filhos dele têm a mesma idade dos meus, então somos bons amigos e estou animado por ele. É um grande desafio, mas estou empolgado por ele”.

Fonte: R7 – Esportes

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias