19.6 C
Distrito Federal
domingo, março 3, 2024

Façam suas apostas: Wanessa desiste de ser vegana no BBB 24?

Não assisto ao BBB 24. Não por questão de princípio, por julgá-lo entretenimento de baixa qualidade –é torrencial o volume de entretenimento de baixa qualidade que eu consumo, com prazer e sem culpa. Simplesmente acho chato. Vi as duas primeiras edições e cansei.

Acompanhar pelas redes sociais, porém, é algo inescapável. Mesmo sem correr atrás, acabo sabendo o que se passa no programa.

A edição que estreou esta semana, tem a participação da Wanessa (voltou a ser Camargo ou não pode usar?). Uma mulher muito rica e famosa que decidiu ser trancafiada com um bando de manés em busca de fama e uns milhõezinhos, por razões insondáveis da alma (ou do planejamento de carreira).

Wanessa é vegana. Isso torna o BBB 24 especialmente interessante.

Sabemos que o Big Brother é, mais do que uma competição, um experimento sádico de confinamento vigiado e manipulado. O desafio de seguir o veganismo em tais condições renderá situações de conflito.

Já começou a render, aliás.

Um rapaz chamado Davi cogitou colocar calabresa no feijão da refeição de todos, Wanessa inclusa. Confrontado com a alegação de que ela não comeria, candidamente argumentou: “é só tirar”.

No mundo das pessoas comuns, a incompreensão do veganismo (do vegetarianismo também) é generalizada.

Uma vez fui a um restaurante em São Paulo com um amigo vegetariano. Ele pediu um macarrão ao molho de tomate, depois de verificar com o garçom que o prato não levava carne.

Chegou a comida. O amigo encontrou um pedaço de bacon. Chamou o garçom. O garçom, na mais pura inocência, respondeu que aquilo não era carne, era bacon.

Uma multidão de pessoas não entende que salsicha é carne, que atum em lata é carne, que presunto é carne. Quanto ao veganismo, o conceito não entra na cabeça de uma parcela gigante da população.

Como exemplo, queriam “comprar” leite sem lactose para a Wanessa no BBB. Embolam-se o vegetariano, o vegano, o sem glúten, o sem lactose, o light, o diet e o kosher.

Impõe-se uma série de encruzilhadas no destino do veganismo de Wanessa no programa.

A produção irá facilitar para ela, adaptando o cardápio? Se eu fosse eles, faria justamente o oposto.

Os participantes irão facilitar? Aposto que não, pois o espírito do jogo é cada um por si, dedo no olho e gritaria.

A dúvida que mais me interessa diz respeito à conduta da Wanessa. Caso não seja eliminada precocemente, ela irá perseverar no veganismo?

Não são poucos os vegetarianos e veganos que chutam o balde quando aparece alguma dificuldade para seguir a dieta. A insistência depende muito do comprometimento da pessoa com o regime alimentar.

Wanessa, segundo pesquisei, tornou-se vegana por influência do namorado, o (censurado pelo jurídico) Dado Dolabella. E o BBB é uma fábrica de dificuldades.

Tendo à frente o prato de macarrão com bacon, meu amigo vegetariano separou os pedaços de porco e comeu o resto. Meses mais tarde, quando o encontrei novamente, fomos comer juntos um bife.

Suspeito que o mesmo processo vá acontecer com Wanessa. É o melhor para ela, estrategicamente falando. Aferrar-se ao veganismo vai dobrar seus perrengues na disputa.

De repente eu até volto a acompanhar o BBB nesta edição. Vou estourar pipoca para assistir. Pipoca é vegana, então pode.

Fonte: Folha de S.Paulo – Gastronomia

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias