19.6 C
Distrito Federal
domingo, março 3, 2024

Elon Musk estaria usando drogas e preocupando lideranças de Tesla e SpaceX, diz jornal

(FOLHAPRESS) – O bilionário Elon Musk tem preocupado executivos das empresas Tesla e SpaceX, das quais é dono, por suposto uso de drogas ilícitas, como LSD, cocaína, ecstasy e cogumelos psicodélicos.

A informação foi publicada neste fim de semana pelo jornal norte-americano The Wall Street Journal, que ouviu pessoas próximas ao homem mais rico do mundo.

De acordo com a reportagem, Musk teria feito uso de ilícitos em festas privadas, onde convidados teriam assinado acordos de confidencialidade e entregado telefones celulares para entrar.

O bilionário já assumiu publicamente fazer uso de drogas e disse ter receita médica para cetamina, um anestésico com efeito psicodélico que, em microdoses, é usado para tratar depressão. O fármaco foi detectado em grande quantidade na autópsia do ator Matthew Perry, que morreu afogado na própria banheira em outubro do ano passado.

Segundo pessoas próximas a Musk, a preocupação não é só pela saúde do bilionário, mas também pela possível interferência na administração das empresas que ele controla. Além da Tesla e da SpaceX, ele também é CEO do X, ex-Twitter, do empreendimento de construção de túneis The Boring, da desenvolvedora de implantes cerebrais Neuralink e da startup de inteligência artificial xAI.

Em algumas ocasiões, de acordo com a reportagem, ele teria participado de reuniões e dado entrevistas sob efeito de entorpecentes.

Um dos casos mais emblemáticos ocorreu em setembro de 2018, quando fumou maconha no videocast do comediante e comentarista esportivo Joe Rogan. As ações da Tesla caíram 9% no dia em que as imagens vieram a público, e o Pentágono revisou a autorização de segurança federal vinculada à posição de Musk como CEO da SpaceX, empresa certificada pelo governo americano para fornecer satélites a agências de segurança nacional.

A NASA ainda exigiu garantias de que a SpaceX estava em conformidade com a Lei do Local de Trabalho Livre de Drogas, que é federal e obrigatória para empresas que prestam serviços ao governo americano. A empresa de satélites espaciais é a única nos Estados Unidos com autorização para transportar astronautas para a Estação Espacial Internacional.

“Depois daquela única tragada com [Joe] Rogan, eu concordei, a pedido da Nasa, em fazer três anos de testes aleatórios de drogas. Nem mesmo vestígios de álcool ou drogas foram encontrados”, escreveu Musk no X neste domingo (7), após a publicação da reportagem.

Ao jornal norte-americano, Alex Spiro, advogado de Musk, também afirmou que o bilionário é “regularmente e aleatoriamente testado para drogas na SpaceX e nunca falhou em um teste”. Ele ainda acrescentou que o artigo do jornal menciona “fatos falsos”, embora não tenha dados mais detalhes.

O bilionário não respondeu a um pedido de comentário do Wall Street Journal.

Leia Também: Asteroide em risco de colisão com a Terra, avisam os astrônomos

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Tech

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias