21.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 20, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

Polícia recebeu 70 alertas enquanto mulher era torturada e não agiu

A mulher que foi vítima de uma agressão com faca por parte de seu ex-parceiro afirmou que a tornozeleira do agressor emitiu diversos alertas enquanto ela era submetida a horas de tortura e agressões, na noite de 30 de dezembro, no Ceará. O celular da vítima recebeu mais de 70 notificações indicando a proximidade do agressor, mas ela não conseguiu visualizá-las, pois o aparelho estava sob posse do suspeito.

De acordo com o site G1, o sistema de monitoramento eletrônico da tornozeleira também notificou a polícia; entretanto, segundo o relato da vítima, os policiais não prestaram ajuda de imediato. Ela sofreu diversos cortes de faca nas pernas, resultando em considerável perda de sangue, durante longas horas de agressões e ameaças.

Em uma entrevista à TV Verdes Mares, a mulher afirmou que o ex-parceiro invadiu sua residência, agarrando seus cabelos e proferindo ameaças desde o início. Ele atribuía a responsabilidade pelo uso da tornozeleira eletrônica a ela.

Entenda o caso

Um homem de 29 anos é acusado de esfaquear e maltratar a companheira em Fortaleza. Ele foi detido após registrar o crime e compartilhar as imagens nas redes sociais. A vítima sofreu múltiplos cortes nas pernas enquanto era mantida em confinamento na própria residência.

Leia Também: Anac informa que não há aeronaves Boeing 737 Max-9 em operação no Brasil

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Justica

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias