19.6 C
Distrito Federal
domingo, março 3, 2024

Conheça restaurantes e bares em museus e espaços culturais de SP

A Pinacoteca ganhou uma atração. Não se trata de uma obra de arte, mas do restaurante Fitó, que vai ocupar os três prédios da instituição cultural em São Paulo.

O principal deles, localizado na Luz, está em reforma para abrigar a cozinha sertaneja da chef cearense Cafira Foz, com matriz em Pinheiros. Enquanto isso, um carrinho do Fitó vende salgados, doces e vinhos, que podem ser degustados num jardim.

Quando aberto, o restaurante terá menu de comida brasileira e contemporânea. Parte dessas receitas estão disponíveis na Pina Contemporânea, unidade mais recente. Já a Pina Estação serve bolos e lanches em mesas coletivas.

A novidade se soma a outros museus e espaços culturais da capital paulista que contam com bons representantes gastronômicos, alguns deles de chefs renomados. Há também opções mais simples, com refeições rápidas para matar a fome durante o passeio. Conheça a seguir.

Farol Santander
O espaço cultural no centro conta com três opções gastronômicas. O restaurante Boteco do 28 fica no 28º andar e oferece pratos e petiscos paulistanos. O Café do 26 por Mag Café permite provar cafés, salgados e doces com uma vista panorâmica da cidade, do alto do 26º piso —há também um espaço no hall. Já o Bar do Cofre ocupa um antigo cofre no subsolo e serve coquetéis com a assinatura do SubAstor. É preciso comprar ingresso (R$ 40) para acessar alguns locais.
R. João Brícola, 24, centro, tel. (11) 3553-5627, @farolsantander


IMS
Junto com a abertura do Instituto Moreira Salles na avenida Paulista, em 2017, nasceu o Balaio, restaurante comandado pelo chef Rodrigo Oliveira, do Mocotó. Por lá, ele prepara receitas mais autorais e apresenta um menu brasileiro, servido no almoço e jantar. São pratos como o arroz de linguiça bragantina com costelinha e quiabo (R$ 82). No 5º andar, o Balaio Café tem pães de fermentação natural, bolos e cafés.
Av. Paulista, 2.424, Bela Vista, região central, tel. (11) 2842-9123, @balaioims. Restaurante: ter. a qui., das 12h às 16h; sex. e sáb., das 12h às 16h e das 19h às 22h; dom., das 12h às 17h. Café: ter. a dom., das 10h às 20h


Japan House
Dedicado à cultura japonesa, o espaço cultural tem um restaurante autoral dessa culinária, o Aizomê, chefiado por Telma Shiraishi. Nele, são servidos pratos quentes, sushis e um tipo de combinado, os settos. O tonkatsu (R$ 70) inclui itens como lombo suíno empanado, gohan e sopa de missô. No térreo, funciona o novo café do Aizomê, com chás, cafés, salgados e doces.
Av. Paulista, 52, Bela Vista, região central, WhatsApp (11) 91296- 4199, @aizomerestaurante. Restaurante: ter. a dom., das 11h30 às 16h30. Café: ter. a sex., das 10h às 18h; sáb. e dom., das 10h às 19h


MAC-USP
Na cobertura do museu de arte contemporânea, próximo ao parque Ibirapuera, fica o Vista, restaurante com menu brasileiro assinado pelo chef Pedro Oliveira. Além da vista panorâmica da cidade, o destaque são receitas como o arroz-cateto cozido com camarão, mexilhão, vieira e polvo em seu caldo e o magret de pato com arroz cozido em tucupi —cada prato custa R$ 119.
Av. Pedro Álvares Cabral, 1.301, Vila Mariana, região sul, tel. (11) 2658-3188, @vistaibirapuera


MAM
Quem vai ao Museu de Arte Moderna, dentro do parque Ibirapuera, pode fazer uma refeição no restaurante e cafeteria Prêt no MAM. Por lá, o almoço é servido num salão com janelões de vidro e o cardápio varia a cada dia. Lanches, bolos, cafés e sobremesas também são opções oferecidas de terça a domingo.
Parque Ibirapuera – av. Pedro Álvares Cabral, s/n°, Vila Mariana, região sul, @pretnomam. Ter. a dom., das 10h às 18h


Masp
Num salão decorado com colheres de pau, peças de barro e quadros, A Baianeira é o restaurante que ocupa o museu na avenida Paulista. A chef Manuelle Ferraz também comanda um café no subsolo. Os menus têm pratos para o almoço, salgados, lanches e doces de acento meio baiano, meio mineiro. Um dos favoritos é o pão de queijo recheado com carne de panela, ovo e vinagrete de abobrinha com queijo de cabra (R$ 34). Não é necessário pagar pela entrada, mas é recomendável fazer reserva.
Av. Paulista, 1.578, Bela Vista, região central, tel. (11) 91107- 4074, @abaianeira. Ter. a sex., das 11h30 às 15h; sáb. e dom., das 11h30 às 16h. Café: ter. a dom., das 11h30 às 17h


MIS
No jardim aos fundos do Museu da Imagem e do Som fica o Pipo, cozinha autoral do chef Felipe Bronze, do carioca Oro. O menu-degustação (R$ 245) destaca preparos feitos na brasa, como a costela assada por 18 horas servida com farofa de ovo mole e vinagrete de banana-da-terra. O museu tem ainda um café próprio, onde são servidos salgados, lanches, bolos e bebidas.
Av. Europa, 158, Jardim Europa, região oeste, tel. (11) 3530-1760, @pipo_sp. Restaurante: ter a sex., das 12h às 16h e das 18h às 23h; sáb., das 12h às 23h; dom., das 12h às 17h


Pinacoteca
A chef cearense Cafira Foz, do restaurante Fitó, assina os cardápios dos três prédios da instituição. Um carrinho no jardim da Pina Luz serve sanduíches, doces e vinhos, degustados em cadeiras de praia. Num andar superior da Pina Contemporânea, o menu é de lanches, tortas e pratos variados. Já o balcão da Pina Estação destaca os bolos e cafés.
Pina Luz: pça. da Luz, 2, Luz, região central, @pinacotecasp. Qua. a seg., das 10h às 17h. Pina Contemporânea: av. Tiradentes, 273, Luz. Qua. a seg., das 10h às 17h. Pina Estação: lgo. General Osório, 66, Santa Ifigênia. Qua. a seg., das 10h às 17h


Solar Fábio Prado
O restaurante Capim Santo ocupa o antigo Museu da Casa Brasileira. Receitas da chef Morena Leite são servidas em um salão no jardim do local, caso do ravióli de tapioca recheado com queijo Canastra e molho de ervas (R$ 68).
Av. Faria Lima, 2.705, Jardim Paulistano, região oeste, tel. (11) 3032- 2277, @restaurantecapimsanto

Fonte: Folha de S.Paulo – Gastronomia

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias