21.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 20, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

Brasil termina 2023 com 20 pódios em torneios mundiais de esportes olímpicos

Liderado pela ginástica artística, o Brasil fecha 2023 com grandes vitórias nos esportes olímpicos em torneios mundiais e boas expectativas para os Jogos de Paris no próximo ano.

No total, os atletas brasileiros conquistaram 20 medalhas, duas a menos do que no ano passado, sendo quatro ouros, sete pratas e nove bronzes, com destaque para Rebeca Andrade.

Um dos principais nomes da ginástica para Paris-2024, Rebeca Andrade levou o Brasil ao pódio em cinco oportunidades no Mundial, tendo conquistado uma medalha de prata na disputa por equipes. Ela também foi coroada com o ouro nos saltos, prata no individual geral e solo e bronze na trave. A ginástica artística ainda contou com o bronze de Flávio Saraiva no solo.

“2023 foi mais um ano positivo para o esporte olímpico brasileiro. As conquistas em campeonatos mundiais refletem a qualidade do trabalho em conjunto desenvolvido pelo Comitê Olímpico do Brasil e as confederações. Entramos agora no último ano deste ciclo olímpico otimistas e motivados para um grande desempenho de nossos atletas em Paris-2024”, afirmou Paulo Wanderley, presidente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro).

O Brasil ainda conquistou outros três ouros, com Beatriz Ferreira, no boxe, Filipe Toledo, no surfe, e Rayssa Leal, no skate street. A Fadinha ainda tem outra medalha de prata. Além de Rayssa Leal, o skate brasileiro confirmou mais três pódios, todos no skate park. Foram duas medalhas de prata com Luigi Cini e Augusto Akio, além de um bronze com Pedro Barros.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

“Nesse que é o ciclo olímpico mais curto da história, tivemos a confirmação do bom momento de alguns de nossos principais nomes, novas modalidades se destacando e jovens atletas com um futuro promissor pela frente despontando. Um dos nossos grandes objetivos é que a gente tenha mais modalidades com medalhistas para aumentar o leque de possibilidades em grandes competições. Temos algumas novas modalidades muito próximas de chegar a uma medalha olímpica”, disse Ney Wilson, diretor de alto rendimento do COB.

Outro que se destacou em 2023 foi Marcus D’Almeida, que conquistou a medalha de bronze no Mundial de Tiro com Arco e terminou o ano na liderança do ranking mundial do recurvo.

Confira as medalhas conquistadas pelo Brasil em mundiais no ano de 2023:

undefined

Ouro
• Beatriz Ferreira – boxe
• Filipe Toledo – surfe
• Rayssa Leal – skate street
• Rebeca Andrade – ginástica artística (saltos)

Prata
• Ana Patrícia e Duda – vôlei de praia
• Augusto Akio – skate park
• Equipe feminina – ginástica artística
• Luigi Cini – skate park
• Rayssa Leal – skate street
• Rebeca Andrade – ginástica artística (individual geral)
• Rebeca Andrade – ginástica artística (solo)

Bronze
• Beatriz Souza – judô
• Caio Bonfim – atletismo (marcha atlética)
• Flávia Saraiva – ginástica artística (solo)
• Maria Clara Pacheco – taekwondo
• Marcus D´Almeida – tiro com arco
• Pedro Barros – skate park
• Rafael Silva – judô
• Rebeca Andrade – ginástica artística (trave)
• Wanderson Oliveira – boxe

Conheça os brasileiros já classificados para os Jogos Olímpicos de Paris

Fonte: R7 – Olimpíadas

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias