Drenar-GDF-300x250-GIF
Programa oferece até R$ 21 mil de crédito para empreendedores negros
Governo lança programa para reduzir filas no sistema de saúde
UNE quer construir agenda com reivindicações ao governo federal
Anvisa fará webinar sobre novas regras de reprodução humana assistida
Mercado financeiro eleva projeção da inflação de 5,74% para 5,78%

Volta da torcida à Vila Belmiro tem aglomeração, festa e sal grosso

Torcida do Santos voltou à Vila Belmiro neste domingo (10)

Torcida do Santos voltou à Vila Belmiro neste domingo (10) Lance

Neste domingo (10), a torcida santista voltou à Vila Belmiro após mais de um ano e meio sem poder acompanhar o time de perto. Em partida diante do Grêmio, crucial para a equipe que tenta escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, os torcedores empurraram o time desde antes do apito inicial, mas descumpriram recomendações sanitárias.

Com apenas 30% de capacidade permitida pelo governo de SP (a autorização aumentará para 50% no dia 15 de outubro), os 4.644 ingressos colocados à venda foram esgotados. Com isso, a torcida compareceu em grande volume na entrada do estádio, aglomerando e fazendo festa.

O protocolo sanitário para a partida foi simples. Com os ingressos vendidos somente pela internet, e apenas para sócios, os torcedores presentes tiveram que passar por um dos postos de triagem ao redor do estádio.

Lá, deveriam apresentar o cartão de sócio (ou o ingresso), o documento de identidade original com foto, o certificado de vacinação contra a covid-19 (impresso ou no celular) e, caso o esquema vacinal estivesse incompleto, um teste negativo de covid-19, podendo ser de antígeno (feito até 24 horas antes do jogo) ou de PCR (feito até 48 horas antes do jogo).

O processo foi feito com tranquilidade horas antes do jogo, mas as filas ficaram maiores conforme o horário do jogo se aproximou. Pedro Antônio Gonçalves, torcedor de 18 anos, considerou tranquilos os procedimentos exigidos pelo clube.

“Tudo certo. A gente teve que vir com as duas doses tomadas ou um exame negativo e passar pela triagem. No momento está rápida (a fila), mas no horário do jogo vai apertar bastante, normal”, comentou o torcedor.

Estande de triagem na Vila Belmiro

Estande de triagem na Vila Belmiro Lance

Entretanto, a triagem servia apenas para dar ao torcedor uma pulseira para o ingresso no estádio, não precisando de nenhum protocolo para transitar nos arredores da Vila Belmiro. Assim, as ruas em torno do estádio ficaram lotadas de torcedores, com muitas aglomerações.

O ápice da aglomeração foi visto no momento em que o ônibus da equipe chegou. Com sinalizadores e bandeiras, os torcedores se espremeram para ficar os mais próximos ao veículo. Com festa, a torcida fez bastante barulho.

Torcida do Santos na chegada do ônibus

Torcida do Santos na chegada do ônibus Lance

Outra cena curiosa da volta da torcida santista ao estádio foi o uso de sal grosso. Além de torcedores distribuindo o sacos com o produto para ser jogado em volta do estádio, o sal foi usado para escrever a frase ‘sai zica’ em uma das ruas ao lado estádio, junto de cartazes com a hashtag #ReageSantos.

'Sai Zica' escrito com sal grosso

‘Sai Zica’ escrito com sal grosso Lance

Rodrigo dos Santos, de 28 anos, torcedor alvinegro, contou ao L! a sensação de retornar ao estádio do time após mais de um ano e meio longe – o último jogo com público havia sido em 7 de março do ano passado, na vitória por 3 a 1 sobre o Mirassol, pelo Paulistão.

“Ansiedade a mil. Quase dos anos sem vir aqui, já não aguentava mais. Mesmo com a fase ruim, tem que vir”, contou o torcedor.

Apesar das aglomerações na porta do estádio, o ambiente foi de pouca confusão e muita festa. Com o Santos na 18ª posição, o torcedor optou por apoiar muito mais do que criticar antes da partida.

Futebol e os Tios Patinhas: Conheça bilionários que são donos de clube

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *