17.6 C
Distrito Federal
domingo, junho 23, 2024

Renegociação de dívidas de conta de energia tem desconto de 90%

Com a prorrogação do programa federal Desenrola Brasil, milhares de pernambucanos que são clientes da Neoenergia, uma das maiores distribuidoras de energia do país, agora têm uma oportunidade única para regularizar suas dívidas de conta de luz. A iniciativa do Governo Federal, que se estenderá até o dia 31 de março, permite descontos significativos e opções flexíveis de parcelamento.

O Desenrola Brasil, que engloba tanto a renegociação de dívidas quanto a promoção de educação financeira, ganhou força com a adesão da Neoenergia à campanha. 

Agora, os consumidores da empresa têm a chance de quitar seus débitos com descontos de até 90% ou, se preferirem, parcelar o valor em até 60 vezes.

Como participar do Desenrola Brasil?

Para participar do programa, é necessário que o cliente atenda a alguns requisitos específicos. A renda mensal deve ser de até dois salários mínimos, sendo obrigatória a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). 

Além disso, a dívida que se pretende renegociar precisa ter sido negativada no período entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. A campanha também limita a aceitação de débitos a um valor máximo de R$ 5 mil por devedor, considerando a soma das dívidas financiadas.

Alívio financeiro para os cidadãos

A iniciativa visa proporcionar alívio financeiro aos consumidores que enfrentaram dificuldades nos últimos anos e acabaram acumulando débitos com a distribuidora de energia. 

Com condições tão atrativas, o Desenrola Brasil se destaca como uma medida eficaz para reverter a inadimplência e permitir que os pernambucanos regularizem sua situação junto à Neoenergia.

Os interessados em aderir ao programa podem procurar os canais de atendimento da Neoenergia para obter mais informações sobre a renegociação de dívidas. 

A oportunidade é limitada e representa uma chance valiosa para que os consumidores organizem suas finanças e mantenham em dia o pagamento de suas contas de energia elétrica.

Fonte: R7 – Economia

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias