21.6 C
Distrito Federal
domingo, março 3, 2024

Pressionado, Claudio Castro decide interromper férias em Orlando para voltar ao Rio

Após críticas da população e da classe política, o governador do Rio de Janeiro, Claudio Castro (PL), decidiu interromper as férias com a família, em Orlando (EUA), para voltar ao Estado a fim de liderar a reação à crise das chuvas deste fim de semana, que já deixou 11 mortos, segundo o Corpo de Bombeiros.

Assim como já havia feito nas férias de anos anteriores, Castro partiu para os Estados Unidos com a mulher e os filhos na semana passada. A princípio, ele havia decidido coordenar as ações de governo à distância, com o comando do vice-governador Thiago Pampolha no terreno e atuação de todos os secretários.

Mais cedo, nas redes sociais, o governador prestou condolências às famílias e amigos das vítimas das chuvas e disse manter contato com os prefeitos dos municípios afetados.

Pressionado pela opinião pública, no entanto, ele mudou de ideia e decidiu voltar ao País.

Há envolvimento do governo federal nas primeiras horas da calamidade, com a promessa, pelo ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, de um decreto com as bases de uma ajuda humanitária para o Estado ainda na noite deste domingo.

Isso foi articulado primeiro junto ao prefeito do Rio Eduardo Paes (PSD), no início da tarde. Por volta das 15 horas, Paes decretou situação de emergência na capital, o que ainda não aconteceu por parte do governo do Estado.

Fontes do governo disseram ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) que o vice de Castro, Thiago Pampolha, já analisou declarar estado de emergência, mas chegou a conclusão de que isso deve antes ser feito pelos municípios para depois ser seguido pela Defesa Civil do Estado.

Além da zona norte do Rio, os municípios mais afetados pelas chuvas estão na Baixada Fluminense, entre os quais Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Belford Roxo e São João de Meriti.

Leia Também: ‘Posso ser horrível, mas o outro é péssimo’, diz Bolsonaro para criticar Lula

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Politica

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias