15.6 C
Distrito Federal
quarta-feira, maio 29, 2024

Polícia investiga se estrangeiro sequestrou menino desaparecido no Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Rio de Janeiro levantou a possibilidade de o menino Édson Davi Silva Almeida, de 6 anos, ter sido sequestrado por um estrangeiro. A criança desapareceu nesta quinta-feira, 5, no Posto 4, na praia da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Édson brincava próximo à barraca de seu pai, que trabalha no local há três anos. Os dois chegaram pela manhã e, por volta das 16h30, Édson dos Santos Almeida notou a ausência do filho.

Leia também: “Buscas por menino de 6 anos desaparecido na Barra da Tijuca continuam

Apesar de a polícia levantar a hipótese de o menino ter ido para a água, a família disse que é improvável. Isso porque o menino tem medo do mar.

Segundo os investigadores, é possível que Édson Davi tenha sido levado por um homem estrangeiro. A Polícia Federal foi alertada para atuar, caso algum suspeito tente sair do país com o menino.

polícia menino | A família disse que é improvável que ele tenha ido para a água porque ele tinha medo do mar | Foto: Divulgação/Polícia Civil
Apesar da polícia levantar a hipótese do menino ter ido para a água, a família disse que é improvável e que o menino tem medo do mar | Foto: Divulgação/Polícia Civil

Quem também investiga o paradeiro do menino é a Delegacia de Descobertas de Paradeiros (DDPA). O caso teve registro inicial na 16ª DP (Barra da Tijuca), mas foi encaminhado na quinta-feira à tarde para a delegacia especializada.

Com a possibilidade de o menino ter ido ao mar, o Corpo de Bombeiros fez buscas no local durante a manhã desta sexta-feira, 5. Outra possibilidade é que o garoto tenha ido em direção ao calçadão.

Leia mais: “Menino de 5 anos é atropelado e morre em condomínio no Recife”

“Estava fechando a conta de uns clientes, quando percebi que o Davi não estava por perto”, disse o pai. “Ele está acostumado a ir comigo para a barraca. Conhece todos os funcionários, é obediente. Não iria com estranhos. Mas não sabemos o que pode ter acontecido.”

Marize Araújo, mãe do garoto, disse ao jornal O Dia que acredita na possibilidade de Davi ter sido “aliciado”. “Ele induziu meu filho naquele joguinho de futebol com os amigos”, afirmou Marize. “Só Deus sabe o que ele tem passado. Foram apenas 20 minutos de distração e ele sumiu com esse pessoal.”

As autoridades ainda analisam imagens de câmeras de segurança da orla e de estabelecimentos próximos do local onde criança foi vista pela última vez.

Segundo Édson, o filho nunca tinha se afastado da barraca. Em depoimento à polícia, o pai relatou que Davi chegou a pedir para ir ao calçadão, o que lhe foi negado. O menino obedeceu e continuou ao lado da barraca, na areia, com mais duas crianças que pareciam ter 7 anos.

Famosos se mobilizam sobre o desaparecimento do menino Édson Davi

polícia menino | O ator Juliano Cazarré e sua mulher, Leticia Cazarré, divulgaram o caso | Foto: Reprodução/Montagem Revista Oeste/Instagram
O ator Juliano Cazarré e sua mulher, Leticia Cazarré, divulgaram o caso | Foto: Reprodução/Montagem Revista Oeste/Instagram

Algumas figuras públicas se mobilizaram para divulgar o desaparecimento de Édson Davi. Entraram na campanha o ator Juliano Cazarré e sua mulher, Leticia Cazarré, além da atriz Fernanda Rodrigues.

+ Leia as últimas notícias do Brasil no site da Revista Oeste

Fonte: R7 – Brasil

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias