19.6 C
Distrito Federal
sábado, fevereiro 24, 2024

Polícia desmantela quadrilha que vendia por R$ 100 mil falsos cargos no governo de SP

A Polícia Civil prendeu um grupo de três mulheres e dois homens por suspeita de oferecerem falsos cargos na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) e na Administração Pública Estadual.

Leia também: Militantes ligados ao vandalismo na Assembleia Legislativa de SP têm reunião com ministro de Lula

Usando uma imobiliária de fachada, o grupo oferecia os cargos como assessor parlamentar e posições em órgãos públicos por R$ 100 mil. O grupo também aceitava carros como pagamento na transação. Além dos suspeitos, a polícia apreendeu uma Mercedes, um Hyundai HB20 e Fiat Toro.

Venda de falsos cargos é caso de polícia

A Alesp disse em nota que “se trata de um caso de polícia, onde a administração pública, no caso a Alesp, é vítima de golpistas”.

Uma sexta pessoa, acusada de usar vestimentas parecidas com a da Polícia Civil e a da Polícia Federal, está sendo procurada.

+ Leia mais notícias de Política em Oeste

A prisão ocorreu na quarta-feira 10, no município de Santo André, região metropolitana de São Paulo. O caso foi registrado como no 77° DP no bairro de Santa Cecília, na capital.

Os presos são acusados de estelionato contra a administração pública e associação criminosa. Conforme a Secretaria de Segurança Pública, os integrantes da quadrilha seguirão à disposição da Justiça.

YouTube video


Revista Oeste, com informações da Agência Estado

Fonte: R7 – Política

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias