19.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 13, 2024

Mulher "pede pizza" para denunciar violência doméstica no interior de SP

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Uma mulher entrou em contato com a Guarda Municipal do município de Itatiba, no interior de São Paulo, para denunciar violência doméstica nesta sexta-feira (29). Na ligação, ela fingiu estar pedindo uma pizza para conseguir denunciar o companheiro, que estava em casa no momento.

O caso aconteceu no bairro Cristo Redentor. Segundo informações da Guarda Municipal, a mulher ligou para o número 153 com voz alterada pedindo uma pizza e passou o endereço.

Os operadores entenderam que se tratava de um pedido de socorro e mandaram viaturas até o local. Ela relatou que era vítima de violência e que seu companheiro também era traficante de drogas.

A Guarda Municipal encontrou entorpecentes no local. Foram apreendidos 618 tubetes de cocaína, 100 pinos de crack, 34 frascos com lança perfume, 23 porções de maconha, além de R$ 780 reais, dois celulares e uma maquininha de cartão. Também foram encontrados vários tubetes vazios que seriam usados para embalar mais drogas.

O homem, de 25 anos, confessou que fazia “delivery de drogas” pela região. Ele foi encaminhado à delegacia da cidade e foi preso.

EM CASO DE VIOLÊNCIA, DENUNCIE

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.

Também é possível realizar denúncias pelo número 180 — Central de Atendimento à Mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Justica

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias