26.6 C
Distrito Federal
terça-feira, maio 28, 2024

Inadimplência vai a 29,5% no país, indica pesquisa

A taxa de inadimplência no País subiu de 28,9%, em 2022, para 29,5% no ano passado, alcançando quase um terço da população. A proporção dos que dizem não ter condições de pagar as dívidas em atraso também subiu, de 10,7% para 12,1% no período. Os dados são de pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A sondagem considera operações nas modalidades de cartão de crédito, cheque especial, carnê de loja, crédito consignado, empréstimo pessoal, cheque pré-datado e prestações de carro e casa.

Já a taxa de endividamento ficou em 77,8% no ano passado, 0,1 ponto porcentual abaixo do índice de 2022. Foi o primeiro recuo no nível de endividamento desde 2019.

“A inadimplência é um resultado adverso do endividamento, causado pela renda baixa do brasileiro e pela volatilidade da economia do País”, disse o economista-chefe da CNC, Felipe Tavares, em nota oficial.

Estadão conteúdo

Fonte: R7 – Brasil

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias