17.6 C
Distrito Federal
segunda-feira, junho 24, 2024

Em atuação relâmpago, Vitor Roque entra, marca, é expulso, e Barça bate Alavés

Vitor Roque ficou pouco mais de dez minutos em campo, e foi um dos personagens do jogo. Marcou um gol, e foi expulso injustamente logo na sequência. O Alavés foi um rival duro, e o jogo, eletrizante, mas o Barcelona conseguiu a vitória, fora de casa, por 3 a 1. 

Com 50 pontos, os Blaugrana seguem na terceira posição de La Liga, a sete do líder, Real Madrid, que ainda joga na rodada. Já os Patateros estão em 12º, com 26. 

Alavés dá trabalho

O Alavés aproveitou o bom momento na competição e, também, o apoio da torcida para pressionar nos primeiros minutos. Álex Sola, aberto na direita, começou dando muito trabalho a João Cancelo, atuando como lateral invertido mais uma vez. 

Sem sucesso nos primeiros minutos ao tentar achar Samu Omorodion na área através de jogadas de linha de fundo, os Patateros conseguiram, enfim, ameaçar aos 20 minutos. Sola cobrou escanteio na área e Omorodion desviou de cabeça, para fora. 

O Barcelona fazia (mais) um jogo abaixo da crítica. Só que bastou uma conexão entre Gundogan e Robert Lewandowski para a história mudar. Aos 22, o alemão recebeu de De Jong e deixou Lewa na cara do gol. O polonês ganhou da marcação no domínio e, com muita categoria, tocou por cima do goleiro para abrir o placar. 

O Alavés tentou não se abater, e seguiu procurando os corredores laterais para ameaçar. Após boa jogada de Rioja na canhota, Guridi recebeu cruzamento na área e tentou de cabeça. Peña fez grande defesa evitar o gol. 

A pressão dos donos da casa foi aumentando. Omorodion teve grande chance do empate aos 41, após receber ajeitada de Tenaglia na área. O chute passou perto da trave. 

A atuação relâmpago de Vitor Roque

O Barça tentou tranquilizar o jogo logo no início do segundo tempo. Em contra-ataque mortal, Pedri recebeu na esquerda, temporizou  e descolou belo passe por elevação para Gundogan, que infiltrou na área e concluiu para balançar as redes. 

Só que, dessa vez, o Alavés reagiu rápido. Xavi tentou consertar o lado esquerdo tirando Cancelo para a entrada de Héctor Fort. Só que Sola deixou o rival na saudade, avançou pela direita e cruzou para bela cabeçada de Omorodion: 2 a 1, e os Patateros estavam vivos. 

A estrela de Vitor Roque, porém, voltou a afastar os donos da casa da reação. Pouco depois de ter entrado, em contragolpe puxado por Yamal, o brasileiro recebeu bola de Fort na área e finalizou rasteiro, de canhota, para abrir 3 a 1. 

A presença de Vitor Roque em campo, entretanto, foi meteórica. Foram pouco mais de dez minutos. O brasileiro recebeu dois cartões amarelos incompreensíveis, principalmente o segundo, e foi expulso injustamente de campo. 

O Alavés teve tempo para reagir. Mas o Barcelona, a partir de então, se fechou bem. Conseguiu, ainda, ganhar algum tempo com ataques pontuais de Yamal, um dos destaques do jogo. A vitória foi confirmada ao apito final. 

Fonte: R7 – Futebol

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias