17.6 C
Distrito Federal
segunda-feira, junho 24, 2024

Domingo tem vacinação e tendas de atendimento a pacientes com dengue

Com a continuidade da campanha de vacinação, mais de cem unidades básicas de saúde (UBSs) estão administrando a segunda dose da vacina Qdenga contra a dengue. É essencial que os jovens que foram imunizados com a primeira dose retornem para completar o ciclo vacinal após 90 dias, conforme indicado na caderneta de vacinação, para alcançar a proteção completa oferecida pelo imunizante.

A vacinação está disponível para jovens de 10 a 14 anos, inclusive aqueles que receberam a primeira dose em serviços de saúde complementares. No entanto, aqueles fora dessa faixa etária que foram imunizados na rede privada não poderão receber a segunda dose nas UBSs neste momento. Uma exceção se aplica a aproximadamente 3,5 mil crianças de 6 a 9 anos e adolescentes de 15 e 16 anos que se vacinaram na rede pública nos dias 18 e 19 de abril, devido a uma expansão temporária da faixa etária autorizada pelo Ministério da Saúde. Esses indivíduos deverão receber a segunda dose no final de julho.

Para todos os casos, a orientação é comparecer a um local de vacinação com documento de identidade e a caderneta onde esteja registrada a primeira dose. Se no período de 90 dias tiver ocorrido diagnóstico de dengue, deve-se manter a data prevista para a segunda dose, desde que haja um intervalo de 30 dias entre a infecção e a próxima vacina.

A Secretaria de Saúde (SES-DF) já aplicou mais de 57 mil doses contra a dengue. Os locais de atendimento continuam a administrar a primeira dose em crianças e adolescentes de 10 a 14 anos que ainda não tenham iniciado o ciclo vacinal.

Veja a lista dos locais de atendimento para imunização contra a dengue.

Entendendo a Dengue: Sintomas e Prevenção

A dengue é uma doença viral transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti. Os sintomas incluem febre alta, dores de cabeça severas, dor atrás dos olhos, fadiga, dor nas articulações e músculos, erupções cutâneas e sangramento leve, como sangramento nasal ou gengival. Na sua forma mais grave, pode ser fatal.

Para se proteger contra a dengue, é crucial evitar a proliferação do mosquito, mantendo recipientes que possam acumular água bem fechados e tratando piscinas com cloro. O uso de repelente, roupas que cubram a maior parte do corpo e telas em janelas e portas também são medidas eficazes. Além disso, a vacinação desempenha um papel vital na prevenção da doença, especialmente em áreas onde o vírus é endêmico.

Tendas da Dengue

Veja, abaixo, os endereços das tendas de atendimento:

Funcionamento 24 horas

→ Gama – estacionamento do hospital regional local (HRG)
→ Guará – em frente à UBS 1
→ Paranoá – estacionamento do Hospital da Região Leste

Funcionamento das 7h às 19h

→ Plano Piloto – estacionamento do Hospital Regional da Asa Norte (Hran)
→ Vicente Pires – estacionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA)
→ Varjão – atrás da UBS 1
→ Taguatinga – estacionamento do ambulatório do hospital regional (HRT)
→ Planaltina – na policlínica da região
→ Águas Claras – estacionamento da UBS 1 do Areal
→ Ceilândia – estacionamento do hospital regional local (HRC)
→ Samambaia – estacionamento da UBS 7.

Fonte: Secretaria de Saúde SES-DF

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias