24.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, junho 13, 2024

Corredor Ecológico promove desenvolvimento com sustentabilidade

A conclusão do processo de reflorestamento de 16 quilômetros de vegetação nativa da Mata Atlântica, conectando o Parque Atalaia a Reserva Biológica da União (REBio), consolida nesta quinta-feira (20) a iniciativa da Prefeitura em parceria com o Estado, que fortalece o novo processo de desenvolvimento do município, a partir da instalação de empreendimentos como o Tepor – novo portuário de Macaé.
A consolidação desta parceria foi celebrada pelo prefeito Welberth Rezende junto ao vice-governador e Secretário Estadual do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha, na solenidade de entrega do Corredor Ecológico, realizada na Fazenda Barrancas, em Areia Branca.
“Nós vamos ampliar as reservas de preservação do município, adquirindo mais áreas na região de nascentes e do curso do Rio Macaé, protegendo o nosso patrimônio ambiental. A cidade se transforma através dos novos empreendimentos, mas não abrimos mão de investir também em programas de sustentabilidade, que garantam a nossa população atual e futura o acesso a recursos naturais, principalmente a água”, afirmou o prefeito.
A solenidade celebra a conclusão do plantio de vegetação nativa da Mata Atlântica nas duas margens do curso das águas do Rio Macaé, em trecho das áreas das Fazendas Barrancas e Três Marias. O projeto atende também as diretrizes do Programa Pacto pelas Águas que prevê a execução de programas ambientais voltados a proteger nascentes dos mananciais que compõem a Bacia Hidrográfica do Rio Macaé, fonte de abastecimento de cerca de 400 mil pessoas que vivem na região.
“O novo ciclo de crescimento de Macaé impressiona, tanto pelos números de investimentos e empregos, quanto por iniciativas como esta, que colocam o meio ambiente no devido lugar de protagonista também do desenvolvimento. A cidade deixa de ser uma ilha e passa a ser exemplo de que parcerias são fundamentais para o sucesso de todo o nosso Estado. E este é o nosso compromisso”, destacou Thiago Pampolha.
O Corredor Ecológico Parque Atalaia a REBio também é considerado um dos maiores programas de reflorestamento do Estado, viabilizado através da iniciativa do grupo empreendedor do Tepor em investir os recursos previstos como medida compensatória, em um projeto de sustentabilidade eficiente e inovador.

“Compensação ambiental é uma obrigação que cumprimos com responsabilidade e muito respeito a Macaé, entendendo ser fundamental proteger o nosso patrimônio ambiental, através da parceria com o município e o Estado. O Tepor tem o objetivo de promover o desenvolvimento regional, gerando emprego, renda e dignidade para todos”, afirmou Fabiano Crespo,diretor do Grupo Vale Azul.

A parceria com o governo do Estado assegura ao município a realização de novos projetos voltados a garantir a proteção das águas que compõem a Bacia Hidrográfica do Rio Macaé.
“O Corredor Ecológico representa a responsabilidade dos empreendedores em promover o desenvolvimento em respeito ao meio ambiente. É a síntese da capacidade que nós tempos de planejar o futuro, seja da geração de emprego, seja de garantia de proteção do nosso ecossistema”, apontou Juninho Luna, Secretário municipal de Governo.
Para a população, o Corredor Ecológico representa também a importância de promover iniciativas que possam integrar a sustentabilidade em diversas atividades econômicas, como a agricultura e a pecuária.
“Esperamos conseguir fazer esse projeto em mais propriedades rurais da região, assegurando a proteção do Rio Macaé e também o abastecimento da nossa região”, Nágila Rossi, proprietária da Fazenda Barrancas.

A solenidade também contou com a participação de secretários municipais, representantes de instituições empresariais locais e lideranças da região.

Fonte: RJNEWS – Meio ambiente

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias