21.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 20, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

Cerveja goiana com infusão a frio de café é eleita a melhor do país

Antes de 2023 sair de cena, ainda deu tempo de acontecer uma importante premiação no setor cervejeiro. No início do mês, em São Paulo, a final da 3ª Copa Cerveja Brasil escolheu os três melhores rótulos do país, e a vencedora foi a surpreendente Cold Brew Lager, da cervejaria Colombina, de Aparecida de Goiânia (GO).

Ao contrário de outros concursos nacionais com sede fixa (e que normalmente trazem resultados mais localizados), a Copa Cerveja Brasil —promovida pela Abracerva e com apoio do Sindicerv e da Febracerva— fez etapas regionais, determinando as melhores de cada estilo nas cinco regiões do país. Depois, as finalistas foram novamente analisadas em São Paulo.

“Ao longo de todo o segundo semestre rodamos o Brasil realizando as etapas regionais, defendendo a apoiando as cenas cervejeiras locais, valorizando os produtos e as pessoas de cada região e trabalhando para unir o segmento”, afirma o presidente da Abracerva, Gilberto Tarantino.

A Cold Brew Lager foi a vencedora do Best of Show, que determina o melhor rótulo entre todos os estilos. Com 4,3% de álcool e apenas 14 IBU (unidade de amargor que, na IPAs, fica entre 40 e 60), a cerveja foi feita com uma infusão a frio de café, com grãos selecionados de uma torrefação especial da King Cafés Especiais, também de Goiânia. O resultado é uma cerveja muito refrescante e com o aroma acentuado do café.

“A Cold Brew Lager reúne muito de tudo aquilo que acreditamos e defendemos ao longo da história da marca Colombina, valorizando as riquezas regionais e a movimentação da economia local”, postou a cervejaria em seu perfil no Instagram. “Ela é fruto de uma parceria de muito sucesso com a King Cafés Especiais e também leva em sua composição mandioca, da agricultura familiar goiana, fornecida pelas cooperativas de Bela Vista de Goiás”, completou.

O triunfo da Cold Brew Lager foi, de certa forma, surpreendente pelo fato de o rótulo não ter vencido o Best of Show na etapa da região Centro-Oeste. Mas foi para a final por ter sido selecionada pelo estilo (basicamente, perdeu o Goianão para vencer o Brasileirão).

Ainda no Best of Show, em segundo lugar ficou a Efeito Pigmaleão #2, da Pineal, de Sorocaba, uma saison com fermentação mista e maturação em barril de carvalho francês. Fechando o pódio ficou a Wave, uma catharina sour com goiaba da mineira Falke Bier e, quem diria, sem álcool. Todas as premiadas por estilo estão listadas no site da Abracerva.

Ao todo, a eleição avaliou mais de 1.100 rótulos de todas as regiões, envolvendo mais de cem jurados na avaliação.

Fonte: Folha de S.Paulo – Gastronomia

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias