20.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 13, 2024

Campo de grama sintética na Guariroba é devolvido à comunidade

O governador Ibaneis Rocha entregou mais um campo de grama sintética reformado para os moradores da região da Guariroba, em Ceilândia. As obras de manutenção foram muito aguardadas pela comunidade, ansiosa para retomar a prática esportiva perto de casa.

Gramado e demais instalações do campo renovados: desde 2016, quando foi inaugurado, local não passava por manutenção | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

“Nós estamos trabalhando forte na recuperação desses espaços; temos um campo na Praça dos Eucaliptos que está pronto também e vamos liberar o acesso para a população”

Governador Ibaneis Rocha

O campo do Guariroba é o segundo gramado sintético entregue à população de Ceilândia neste ano, com execução da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Foi erguido em 2016, mas ainda não havia passado por manutenção.

“Ceilândia é a maior cidade do DF, e aqui temos as grandes demandas porque a população precisa de muitas coisas”, afirmou o governador. “Temos avançado nas pautas daqui, e essa do esporte é muito importante. Nós estamos trabalhando forte na recuperação desses espaços; temos um campo na Praça dos Eucaliptos que está pronto também e vamos liberar o acesso para a população.”

Os investimentos na recuperação do campo foram de aproximadamente R$ 800 mil, recursos originários de emenda parlamentar do deputado distrital Ricardo Vale. A parceria do GDF com a CLDF é uma das frentes para que mais campos sejam recuperados ou construídos, mas há outras iniciativas nesse sentido.

“Quando não conseguimos fazer o campo pela secretaria, a Novacap vem e faz; e, quando ela não faz, o RenovaDF recupera esses espaços”, esclareceu o secretário de Esporte e Lazer, Renato Junqueira. “Esse é um dos nossos trabalhos lá na secretaria, e é muito legal ver o brilho nos olhos da população utilizando esses espaços.”

Comunidade agradece

Com 8 anos, o atleta Vinicius de Miranda é um dos que comemoraram a novidade: “Agora vai ser melhor, a gente vai poder começar a jogar de verdade e ganhar campeonato” | Foto: Tony Oliveira/Agência Brasília

Mesmo com o campo deteriorado por tantos anos, a comunidade não desistiu de lutar pela recuperação. E a espera não foi em vão.

“Agora está muito bom”, comemorou Vinicius de Miranda, 8, morador da região. “Ficamos esperando muito esse dia em que o campo estaria reaberto, depois de reformado. Agora vai ser melhor, a gente vai poder começar a jogar de verdade e ganhar campeonato.”

O pequeno atleta é um dos jogadores da escolinha de futebol Cead-Vitória, que oferece aulas gratuitas ao público de 5 a 16 anos. Os treinos ocorrem às terças, quintas e sábados, pela manhã e à tarde.

 “O campo não é só da escolinha, é da população – mas, especialmente para nós, é muito importante. Você tira a criança da rua, do celular, do computador”

Ronaldo Aranha, treinador

O também atleta João Pedro Marques, 13, está animado para voltar a jogar com os colegas de time. “Agora está bom para jogar aqui, porque antes não estava dando, tinha muito lixo”, lembrou. “Estou ansioso, porque o campo ficou bonito, está pronto, novo e mais limpo”.

Incentivo à prática de esportes

Na visão de Ronaldo Aranha, treinador do projeto social, a reforma é uma conquista da comunidade. “Antes estava muito difícil trabalhar com as crianças aqui: era buraco, brita demais, concreto”, citou. “Houve uma vez em que eu tive que ir buscar o tapete da minha casa para colocar no gol”.

Além dos jovens atletas, a população vai se beneficiar da prática esportiva no local. “O campo não é só da escolinha, é da população – mas, especialmente para nós, é muito importante”, apontou o treinador. Você tira a criança da rua, do celular, do computador”.

Ao longo do ano passado, foram inaugurados 22 campos sintéticos em todo o DF. O êxito nas inaugurações anteriores demonstra a aceitação por parte da comunidade. A população tem demonstrado interesse em ter acesso a mais espaços esportivos e recreativos, reforçando a importância dos investimentos do GDF no setor.

“Este é um dos campos mais usados de Ceilândia, o do Guariroba”, pontuou o administrador da cidade, Dilson Resende de Almeida. “Agora, o governo está entregando este campo de volta para aqueles usuários que dividem aquele espaço para praticar esportes, fazer campeonatos, e também como um local de confraternização.”

Como usar o campo

Os campos ficam trancados para garantir a preservação em bom estado por mais tempo e gerenciar o tempo de uso pela comunidade. Quem tiver interesse em reservar um horário deve procurar a Gerência de Esportes local, localizada no ginásio Regional de Ceilândia.

 

*Fonte: Agência Brasília

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias