21.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Campeã olímpica Ana Marcela ganha reforço de peso na luta pelo ouro em Paris 2024

Primeira mulher brasileira a conquistar o ouro olímpico em águas abertas, a nadadora Ana Marcela Cunha quer o bicampeonato nos Jogos Olímpicos Paris 2024. Para realizar esse sonho, a atleta conta agora com mais uma importante parceria que vai auxiliá-la a elevar a qualidade de sua preparação rumo às competições na França. Ana acaba de entrar para o Time Neoenergia, cujo foco é promover a equidade de gênero e impulsionar o esporte feminino no Brasil.

“A parceria com a Neoenergia reforça duas importantes conexões na minha trajetória. A primeira delas é com a Bahia, meu lugar de origem e onde a empresa está presente. Aqui, comecei minha carreira e nasceu minha paixão pela natação. O mar é fonte de energia e me inspira diariamente a vencer os desafios. A segunda é com a sustentabilidade, valor que compartilho com a empresa. Tenho certeza que essa nova parceria será fundamental para aprimorar meus treinos na reta final da classificação para as Olimpíadas”, afirmou Ana Marcela Cunha, medalha de ouro no Jogos Olímpicos Tóquio 2020, disputado em 2021.

A escolha pela atleta também se deu pela conexão dela com valores da marca, como o desenvolvimento sustentável. A maratonista aquática é representante do Conselho de Defesa do Mar da Federação Internacional de Natação (FINA) e Embaixadora de Sustentabilidade do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), com foco na limpeza e despoluição dos mares e rios.

“Queremos proporcionar a Ana Marcela a energia necessária para brilhar ainda mais nas competições. Nossa nova embaixadora é um exemplo para que outras jovens busquem uma carreira no esporte. Nosso objetivo é capacitar mais atletas femininas a conquistarem pódios olímpicos e campeonatos mundiais, levando energia e inspiração às jovens brasileiras”, destaca Lorenzo Perales, Diretor de Marketing da Neoenergia.

Ana Marcela tem 31 anos e é natural de Salvador, na Bahia. A conquista mais recente foi no ano passado, com a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Santiago, no Chile. Considerada a maior nadadora de águas abertas de todos os tempos, ela também coleciona outras 14 medalhas em mundiais, sendo sete de ouro.

Atualmente, a Neoenergia é reconhecida como a empresa do setor elétrico que mais incentiva o esporte feminino no Brasil. Com a chegada de Ana Marcela Cunha, o Time Neoenergia passa a ter quatro atletas. As demais são: a campeã brasileira de ciclismo de estrada e de contrarrelógio, Ana Vitória Magalhães, a Tota; a tetracampeã mundial de kitesurfe, Bruna Kajiya; e a bicampeã Sul-americana nos 3.000 metros com obstáculos no Sub-23, Mirelle Leite.

Além de estimular a inclusão da mulher no esporte nacional, os patrocínios reafirmam o fortalecimento e a humanização da marca no país, principalmente nas suas áreas de concessão com as distribuidoras Neoenergia Brasília, Neoenergia Pernambuco, Neoenergia Cosern e a Neoenergia Elektro. A Neoenergia também mantém contrato com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para patrocínio das Seleções Brasileiras Femininas de Futebol, tanto a principal quanto as de base, e do Brasileirão Feminino Neoenergia.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: Jornal de Brasília – Esportes

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias