19.6 C
Distrito Federal
segunda-feira, abril 15, 2024

Câmera captura dois visitantes selvagens se divertindo no quintal de casa

Um homem chamado Les Humphrey, que vive na Escócia, perto do extremo norte da Grã-Bretanha, possui uma câmera com sensor de movimento para captar a atividade de qualquer intruso.

Mas calma, o equipamento não foi montado para monitorar a entrada de pessoas estranhas.

O equipamento foi instalado em direção ao jardim, para que o homem pudesse capturar imagens de diferentes espécies de animais que cruzam por ali. Intrusos bem-vindos!

Então, há poucos dias, algo incrível aconteceu!

O sensor tocou e, quando Les foi verificar a câmera, teve uma grata surpresa.

Dois bichinhos raros da mesma espécie brincavam nos minúsculos brinquedos que ele deixou espalhados pelo quintal.

A cena deixou o homem maravilhado, pois os invasores eram martas do pinheiro, mamíferos que apresentam semelhanças marcantes com doninhas e texugos.

Martas do Pinheiro

No passado, as martas do pinheiro eram abundantes na Grã-Bretanha; contudo, devido à perda de habitat ao longo dos últimos séculos, a espécie quase foi extinta.

Esforços de centros de conservação animal têm trabalhado para preservar e proteger essa espécie, e graças ao empenho, a população está crescendo.

Porém, por serem animais tímidos, seu aparecimento é muito raro. Avistá-los é uma questão de sorte, com atividade aumentada durante as noites e manhãs de verão.

“Infelizmente, as martas do pinheiro são notoriamente difíceis de detectar”, escreveu Charlie Mellor, do Woodland Trust, uma instituição de caridade de conservação de florestas no Reino Unido. “Eles são tão esquivos que muitas vezes são estudados por meio de pegadas, excrementos e pedaços de pêlo perdidos, e não por avistamentos diretos.”

Por isso, Les ficou encantado quando as viu brincando em seu jardim!

Vídeo da câmera

Les não quis guardar as imagens só para si, então compartilhou em um grupo de animais do Facebook. Em questão de tempo, havia milhares de visualizações e curtidas.

“Isso se tornou um ritual noturno”, escreveu Les na legenda.

Confira:

O registro das brincadeiras não apenas encantou Les Humphrey, mas também proporcionou um momento de alegria e admiração para milhares de pessoas, que puderam testemunhar as martas do pinheiro em seu jardim.

Ficou curioso para ver uma doninha?

Em novembro de 2023, o fotógrafo Sérgio Hannan explorou a Ilha Kodiak, no Alasca, em busca de registros fascinantes da natureza.

Durante sua aventura, ele avistou um arminho entre as rochas e capturou imagens deslumbrantes do animal, conhecido como “doninha de cauda curta”.

O arminho, ágil e oportunista, é conhecido por capturar presas em piscinas intermarés, demonstrando sua destreza e adaptabilidade.

A pelagem branca do arminho, embora possa parecer um perigo em uma paisagem rochosa, não o impede de escapar de seus predadores devido à sua velocidade e agilidade.

Sérgio compartilhou o registro em seu perfil do Instagram, acumulando milhões de visualizações e destacando a dificuldade de capturar imagens tão próximas de uma doninha, dada sua natureza ágil e esquiva.

Assista:

Veja também este vídeo:

O que aconteceu com Cleitinho Fubá e as gangues dos caramelos do Sul e do Norte?

Fonte: R7 – RPet

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias