20.6 C
Distrito Federal
sábado, julho 20, 2024

Tutora revela triste motivo para ter aberto janela em portão para seu cachorro usar

Um evento traumático pode mudar completamente a perspectiva de um animal de estimação sobre seu ambiente, e foi exatamente isso que aconteceu com Ranger, um adorável pastor alemão com setter.

Depois de uma noite assustadora em sua casa em Manchester, no Reino Unido, ele se tornou extremamente protetor de sua família e sua casa, especialmente durante a noite.

Tudo começou quando Ranger, apenas alguns meses após ser adotado pela família McKinnon, alertou seus donos sobre um intruso na casa.

Ranger latiu para chamar a atenção de seus tutores para o perigo, e agiu bravamente ao lado da família enquanto eles enfrentavam a situação inesperada.

Roxanne McKinnon, a tutora de Ranger, disse ao Newsweek:

“Liguei para a polícia enquanto meu marido e Ranger ficaram e bloquearam a porta da cozinha, impedindo o acesso ao resto da casa. Ranger foi incrível e ficou alerta entre as pernas do meu marido o tempo todo.”

Felizmente, a polícia chegou e prendeu o intruso, mas o incidente deixou uma marca duradoura em Ranger.

Desde então, o cão desenvolveu uma vigilância constante em relação à sua casa e ao seu quintal.

Ele estava sempre alerta, latindo ao menor som ou movimento suspeito.

Seus donos tentaram várias estratégias para acalmar seus nervos, mas nada parecia funcionar.

Foi então que Roxanne McKinnon teve uma ideia brilhante: criar um “buraco de patrulha” na cerca para que Ranger pudesse olhar para fora e sentir-se mais seguro.

“Nosso jardim fica voltado para um campo público, então eu esperava que isso o ajudasse a entender que não havia perigos”, disse Roxanne.

A ideia era simples, mas eficaz. McKinnon e seu marido mediram cuidadosamente o tamanho da cabeça de Ranger e cortaram um buraco na cerca, reforçando-o com uma moldura de madeira.

O buraco de patrulha permitia que Ranger visse o campo público além da cerca, dando-lhe uma sensação de controle sobre seu ambiente e reduzindo sua ansiedade.

A resposta ao buraco de patrulha foi incrivelmente positiva.

“Isso reduziu muito o latido dele e ele parece muito menos estressado agora, o que é incrível. Ele vai correr direto para lá e passar um tempo olhando para o campo, cheirando tudo.”

Roxanne compartilhou a história no perfil do TikTok dedicado ao cachorro. O vídeo recebeu milhares de visualizações e curtidas, com muitos elogiando Ranger por ser um bom protetor e agradecendo à família por apoiá-lo.

Agora Ranger pode relaxar e tomar um “puppuccino” do Starbucks, sabendo que está fazendo o seu trabalho de proteger sua família.

Você pode seguir o Ranger no TikTok clicando aqui.

Como ajudar um cão a superar um trauma?

O Dr. Frank McMillan, pesquisador da saúde mental e do bem-estar emocional dos animais que sofreram traumas psicológicos, afirma que o tratamento geralmente consiste em expor o animal ao estímulo temido aos poucos, em um ambiente seguro.

Em cães, a dessensibilização geralmente é realizada com petiscos, brinquedos ou algo que o cachorro goste.

“Através deste processo, o animal aprende que a presença do estímulo não é seguida de quaisquer consequências desagradáveis, ‘dessensibilizando’ assim o animal ao estímulo.”

Veja também este vídeo:

O que aconteceu com Cleitinho Fubá e as gangues dos caramelos do Sul e do Norte?

Fonte: R7 – RPet

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias