Inflação para famílias de renda mais baixa cai 0,60%
IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa da série histórica
Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos
Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

Tebet critica polarização e diz que só a própria coligação pode pacificar o Brasil

Simone Tebet com os presidentes do PSDB, Bruno Araújo (à esq.), e do MDB, Baleia Rossi (à dir.)

Simone Tebet com os presidentes do PSDB, Bruno Araújo (à esq.), e do MDB, Baleia Rossi (à dir.) Augusto Fernandes/R7

Escolhida para concorrer à Presidência da República pelo MDB nesta quarta-feira (27), Simone Tebet criticou a polarização existente entre o eleitorado de Bolsonaro e de Lula e afirmou que a coligação que apoia a sua candidatura é a única capaz de pacificar o Brasil. A referência é ao PSDB e ao Cidadania, partidos que se juntaram ao MDB.

“Nós vamos fazer diferente. Acreditem, é possível. Porque só nós do campo democrático temos condições de pacificar o Brasil e de unir o nosso povo e a nossa gente”, frisou a candidata.

“Somos gigantes adormecidos. Mas como todo gigante, somos capazes de nos reerguer. A história novamente nos chama. O Brasil precisa novamente de nós, porque nós não aceitamos retrocesso”, acrescentou.

Simone Tebet durante discurso

Simone Tebet durante discurso REPRODUÇÃO/MDB NACIONAL

A senadora foi aprovada para concorrer ao Palácio do Planalto com 262 votos favoráveis e 9 contrários.

Durante o seu primeiro discurso como presidenciável, Tebet criticou a polarização entre o eleitorado para as eleições deste ano e disse que o Brasil só terá a perder se o presidente Jair Bolsonaro (PL) for reeleito ou se o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sair vencedor.

“Eles se alimentam um contra o outro. Que candidatos são esses que colocam suas prioridades acima do povo? Não será a eleição do menos pior que vai resolver os problemas. Pelo contrário, os problemas só recomecariam com um país muito mais dividido”, argumentou.

 

Promessa de campanha: erradicar a fome

 

Simone Tebet disse que, caso eleita, erradicar a fome no país será sua missão principal, assim como diminuir a pobreza. De acordo com ela, o objetivo do que chamou de seu primeiro compromisso é garantir alimentação às pessoas mais necessitadas, sobretudo, às crianças.

“Faço um juramento como mãe. Sendo presidente da República, nenhuma criança vai dormir mais com fome no Brasil. Como é possível dormir com fome em um país que exporta e alimenta 800 milhões de pessoas no planeta?”, afirmou Tebet.

Além disso, a candidata disse que o plano de governo dela buscará melhorar o ambiente de negócios do país, diminuir o nível de desemprego, aumentar a renda dos brasileiros e  aperfeiçoar a saúde pública e a educação do país.

Fonte: R7 – Brasil

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.