21.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Rabanada de forno com goiabada e queijo é sobremesa natalina cheia de brasilidade

O rango da semana é uma sobremesa natalina cheia de brasilidade e ziriguidum.

Criei esta receita para aproveitar o panetone excedente. Chega o fim de ano e, com ele, surge do nada um toró de panetones: da cesta de Natal da firma, do cliente legalzão, da tia que veio do interior.

Aí você fica com mais panetone do que consegue comer. Ele resseca. Panetone duro é perfeito para fazer rabanadas

Isso dito, você também pode utilizar pão comum, desde que não seja muito salgado. Eu fiz a minha com pandoro, que é basicamente o panetone sem as frutas cristalizadas (não sou muito fã delas, não).

É rabanada, mas não é frita. Sempre que possível, gosto de adaptar para o forno receitas fritas por imersão. Por praticidade e para não fazer sujeira.

O princípio é o mesmo da rabanada normal: você encharca o pão (ou panetone) com uma mistura de leite, ovos e açúcar. Mentira: pus também vinho do porto e cachaça. O álcool some quase todo, mas sinta-se à vontade para omiti-lo.

Depois de assada, ela fica cremosa, com consistência de pudim. Como a minha rabanada é enformada numa assadeira, talvez possa ser chamada de pudim de pão. Ou seria pavê? Tanto faz o nome: vai na fé, que o doce é gostoso.

Assada a rabanada, você pode comê-la apenas com um pouco de açúcar polvilhado. Mas eu decidi incrementar a receita, pois, afinal, é uma sobremesa festiva.

Por cima da rabanada assada, mandei a simpática duplinha queijo e goiabada –ou romeu e julieta. Porque implico com o cardápio natalino que só usa ingredientes estrangeiros ou metidos a gringos, como nozes e cerejas.

E também porque fica bom demais.

A goiabada você compra pronta, do tipo cremoso. A cobertura branca leva cream cheese ou requeijão, açúcar e um pouco de leite para rarefazer.

A rabanada de forno fica melhor se feita no dia anterior e guardada na geladeira. Sei que a cozinha fica uma loucura nos dias que antecedem o Natal, mas vale a pena tentar.

É isso aí. Feliz Natal, pessoal!


RABANADA DE FORNO COM QUEIJO E GOIABADA

Dificuldade: fácil

Rendimento: 8 porções

Ingredientes da rabanada

250 g de panetone ou pão adormecido, aproximadamente

500 ml de leite

2 ovos

2 colheres (sopa) de açúcar

50 ml de vinho do porto

50 ml de cachaça

Ingredientes das coberturas

100 g de cream cheese ou requeijão

50 ml de leite

2 colheres (sopa) de açúcar

4 colheres (sopa) de goiabada cremosa

Modo de fazer

  1. Aqueça o forno a 180 ºC.

  2. Corte o panetone ou o pão em cubos com 4 cm de lado. Preencha um refratário com esses cubos, sem sobrepor nem deixar espaço entre os pedaços.

  3. Misture o leite, os ovos, o açúcar, o vinho e a cachaça. Despeje no refratário até cobrir o panetone.

  4. Asse por 45 minutos. Espere esfriar.

  5. Faça a cobertura: com um batedor de claras, misture bem o queijo, o leite e o açúcar. Espalhe essa mistura sobre a rabanada e, por cima dela, distribua a goiabada cremosa.

  6. Deixe na geladeira por até 1 dia antes de servir.

Fonte: Folha de S.Paulo – Gastronomia

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias