21.6 C
Distrito Federal
sábado, fevereiro 24, 2024

Jogador punido pelo STJD tem contrato rescindido pelo América-MG

O América-MG anunciou nesta quarta-feira (10) a rescisão do contrato com o atacante Dadá Belmonte. Em agosto, o jogador foi suspenso por dois anos pelo STJD devido a seu envolvimento em um esquema de manipulação de resultados. Na mesma época, Dadá foi emprestado ao FC Chornomorets, da Ucrânia, encerrando sua última participação pelo Coelho em abril.

Durante sua passagem pelo América, Dadá Belmonte atuou em nove partidas, deixando sua marca com um gol. A suspensão do atleta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ocorreu por sua participação no esquema de apostas esportivas e manipulação de resultados enquanto defendia o Goiás.

A pena de dois anos, além de uma multa de R$ 70 mil, tem validade apenas em território brasileiro e não guarda relação com o América. O jogador chegou a Belo Horizonte em dezembro de 2022, assinando um contrato com o América válido até o final de 2025. O clube havia adquirido 30% dos direitos do atleta por aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Banido do futebol por manipulação consegue dar a volta por cima e vai disputar o Brasileirão

Em junho deste ano, o atacante Ygor Catatau foi excluído do cenário do futebol brasileiro, sendo posteriormente banido pela FIFA em setembro devido ao seu envolvimento com manipulação de apostas esportivas. Recentemente, o jogador retomou sua relação com a bola, mas em um contexto esportivo diferente.

O ex-atleta do Vasco da Gama recentemente participou do Campeonato Brasileiro de Fut7, sediado em São Paulo. A competição, organizada pela CF7 Brasil, engloba 32 equipes na divisão de elite e 16 no feminino.

O Fut7 possui regulamentos distintos em relação ao futebol convencional, destacando-se pela composição de sete atletas por equipe e não sendo regido pela FIFA. Essa é a razão pela qual Ygor Catatau possui permissão para competir.

Antes de ser excluído do futebol, Catatau chegou a assinar com o Sepahan, do Irã, mas teve seu contrato rescindido devido ao banimento imposto pela FIFA. Seu envolvimento no escândalo de apostas ocorreu quando defendia as cores do Sampaio Corrêa.

Fonte: R7 – Esportes

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias