Uerj abre inscrições para o vestibular
Venda de veículos tem alta de 19,33% em setembro, diz Fenabrave
Hospital de Ceilândia vai ganhar reforma de R$ 11 milhões
Brasília recebe torneio internacional de tênis a partir desta sexta (7)
Governo reformou e construiu mais de 200 praças no Distrito Federal

Fluminense não aceita pagar R$ 1 milhão a Daniel Alves. E negociação fracassa

Daniel Alves não se acertou com o Fluminense. Nem com o Flamengo

Daniel Alves não se acertou com o Fluminense. Nem com o Flamengo Reprodução/Instagram

São Paulo, Brasil

Nem Flamengo, nem Fluminense.

Daniel Alves não vai jogar no Rio de Janeiro.

O Flamengo já havia desistido do caro lateral depois que Renato Gaúcho garantiu à diretoria que Isla, Matheuzinho e Rodinei seriam suficientes para o sonho de brigar pelos títulos da Libertadores, Copa do Brasil e Brasileiro.

Afinal, juntos, eles já custam R$ 1 milhão.

O vice de futebol, Marcos Braz, resolveu a situação de uma maneira ‘poética’, fechando uma janela na suas redes sociais.

As conversas preliminares com representantes do jogador não foram além.

Em compensação, a diretoria do Fluminense estava entusiasmada. Pelo rival haver desistido e pelo estafe de Daniel Alves ter aceito dialogar.

O Fluminense ofereceu um contrato para o jogador até o final de 2022. Mas avisou que não poderia nem chegar perto do que o São Paulo pagava, R$ 1,5 milhão. Seriam R$ 900 mil a menos. Ou seja, R$ 600 mil mensais.

A resposta de Daniel Alves foi exigir R$ 1 milhão por mês. Mais a possibilidade de, se surgisse uma proposta da Europa, poderia ir sem render um centavo ao clube das Laranjeiras. Poderia ser na janela de janeiro de 2022. Ou na de agosto do próximo ano.

Os dirigentes aceitaram a cláusula de liberação para a Europa. Mas avisaram que pagariam, no máximo, R$ 700 mil. E esperavam a resposta até hoje à noite.

Ela não veio.

E o Fluminense oficialmente desistiu da transação.

Daniel Alves tem como uma das saídas, o Athletico Paranaense, que ainda se interessa por ele. 

O lateral precisa arrumar clube nesta sexta-feira, se quiser atuar no Brasil em 2021, já que as inscrições para o Campeonato Nacional se encerram hoje.

No país, atualmente, só outros clubes poderiam pagar o que deseja receber: Atlético Mineiro e Palmeiras.

Ou então ir jogar no Catar, na Argentina, no México que têm janelas abertas.

Ele precisa seguir atuando em alguma equipe para ser convocado por Tite. E dar sequência ao seu sonho de disputar a Copa do Mundo de 2022.

No Fluminense, não será…

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.