Uerj abre inscrições para o vestibular
Venda de veículos tem alta de 19,33% em setembro, diz Fenabrave
Hospital de Ceilândia vai ganhar reforma de R$ 11 milhões
Brasília recebe torneio internacional de tênis a partir desta sexta (7)
Governo reformou e construiu mais de 200 praças no Distrito Federal

Embalada após o pódio no Pan-Americano de Jiu-Jitsu, Jhenifer Aquino luta o San Diego Open de olho no Mundial da IBJJF

Lance

Lance Lance

Um dos grandes talentos da nova geração da arte suave, Jhenifer Aquino vive grande fase na carreira e vem embalada pelos bons resultados conquistados recentemente. A jovem promessa da equipe Atos Jiu-Jitsu tem apenas quatro meses de faixa-preta, mas já faturou cinco medalhas de ouros em Opens da IBJJF e ficou com o bronze no Pan-Americano de Jiu-Jitsu, realizado no início de abril na Flórida. De olho no Mundial da IBJJF, a paulista de 27 anos vai em busca de mais um pódio no San Diego Open, que acontece no dia 7 de maio na Califórnia.

“Quero manter esse bom ritmo de competição para chegar bem preparada no Mundial, por isso decidi competir no San Diego Open. Já estou na preparação para o Mundial. Acredito que o Pan-Americano foi um grande teste para saber em que nível eu estava em relação às atletas mais experientes da categoria, mas vou lutar esse campeonato no meio de um treino intenso, como sempre fazemos para os principais campeonatos, como forma de me preparar para o maior evento do ano”, explicou Jhenifer Aquino.

Faixa-preta formada pelo multicampeão mundial André Galvão, Jhenifer Aquino ostenta em seu currículo os títulos de campeã Pan-Americana nas faixas roxa e marrom, e de campeã mundial na faixa-marrom. Agora ela quer repetir o feito na faixa-preta e por isso, além do treinamento intenso, ela vai tomar alguns cuidados para chegar 100% na maior competição de Jiu-Jitsu do mundo.

“Eu luto na categoria peso-galo, então dessa vez não vou me arriscar no absoluto. Vou lutar só a categoria, pois como está muito perto do Mundial, quero evitar qualquer tipo de lesão. Estou mais do que preparada para lutar o Mundial. Vou em busca de mais um pódio no San Diego Open para me dar mais confiança, pois a minha expectativa para o Mundial é a melhor de todas. Vou para ganhar”, concluiu a faixa-preta.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.