Inflação para famílias de renda mais baixa cai 0,60%
IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa da série histórica
Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos
Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

Corpos de mãe e filha encontradas mortas no DF são liberados do IML

Tauane Rebeca (esquerda) e Shirlene Ferreira (direita), filha e mãe, foram encontradas mortas no DF

Tauane Rebeca (esquerda) e Shirlene Ferreira (direita), filha e mãe, foram encontradas mortas no DF Reprodução

O IML (Instituto de Medicina Legal) do Distrito Federal liberou os corpos de Shirlene Ferreira da Silva, 38 anos, e de Tauane Rebeca da Silva, 14, mãe e filha, encontradas mortas a facadas no Sol Nascente/Pôr do Sol (DF), para a família. Agora, os familiares poderão cuidar do sepultamento das duas.

A perícia começou na segunda-feira (21), logo depois que as vítimas foram localizadas em uma área perto de um córrego. De acordo com a corporação, os corpos estavam encobertos por folhas em uma área de mata próximo a uma cachoeira.

A polícia assegura que não se trata de afogamento e que o criminoso — ou criminosos — teria tentado esconder o delito, um provável homicídio duplo. O resultado do laudo pericial deve respaldar a linha de investigação do caso.  

Shirlene, grávida de quatro meses, e Tauane estavam desaparecidas desde o dia 9 de dezembro, quando saíram para um passeio na região. No entanto, nunca voltaram para casa, e por isso a família acionou a polícia e o Corpo de Bombeiros, que deram início às buscas.

Após varreduras na região e sem indícios do paradeiro das duas, os militares e os agentes encerraram as buscas em 16 de dezembro. Parentes chegaram a alertar a polícia de que a mulher tinha o desejo de deixar o DF, e por esse motivo a investigação passou a considerar a possibilidade de fuga. Diante dos novos fatos, a investigação segue em sigilo.

Fonte: R7 – Brasília

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.