Drenar-GDF-300x250-GIF
Construção civil de alto padrão acredita no crescimento do mercado em 2023
DA DESISTÊNCIA DA AÇÃO DE MANDADO DE SEGURANÇA A QUALQUER TEMPO, RECENTE DECISÃO DO STJ
GDF cria grupo de trabalho para modernizar sistemas de gestão de saúde
Fachin prorroga prazo para plano de proteção de indígenas isolados
Estudo encontra dez novas espécies de leguminosas

Alexandre manda PF ouvir ex-estagiária de Lewandowski aliada de bolsonarista

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, vai determinar que a Polícia Federal ouça uma ex-estagiária do gabinete do colega de corte Ricardo Lewandowski apontada como ‘informante’ do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos. O aliado do presidente Jair Bolsonaro é alvo do inquéritos das fake news e também da investigação sobre o financiamento de atos antidemocráticos.

A reportagem do Estadão apurou que o depoimento está relacionado às mensagens obtidas pela Polícia Federal em que Allan diz a ex-estagiária de Lewandowski: ‘Fique como nossa informante lá’. Tatiana Garcia Bressan, que atuou no gabinete do ministro entre julho de 2017 e janeiro de 2019, responde: ‘Será uma honra. Estou lá’. Os diálogos foram divulgados pelo jornal Folha de S. Paulo e confirmados pelo Estadão.

As conversas entre Allan e Tatiana tiveram início em outubro de 2018 e se estendem até março de 2020. O primeiro diálogo foi iniciado por Tatiana, que buscou contato com Allan porque tinha interesse em trabalhar com a deputada bolsonarista Bia Kicis.

O depoimento de Tatiana deve ocorrer no âmbito do inquérito das fake news, uma das investigações que tramitam junto ao Supremo Tribunal Federal e são sensíveis ao Planalto. O próprio presidente Jair Bolsonaro é alvo das apurações, em petição que tramita ligada à investigação principal e mira os ataques e ameaças do chefe do Executivo às urnas eletrônicas.

Nas investigações que miram aliados do presidente, Allan dos Santos é ‘figurinha carimbada’. Em setembro de 2020, o Estadão mostrou que mensagens apreendidas pela PF revelavam a interlocução do bolsonarista com assessores do presidente. Em um dos diálogos, o blogueiro sugere ‘intervenção’ das Forças Armadas.

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *