22.6 C
Distrito Federal
terça-feira, julho 16, 2024

Você sabe demonstrar amor à sua parceria?

Viver o amor de forma saudável e constante demanda comunicação eficiente e responsável, e sabe-se que, no dia a dia, isso pode ser um grande desafio. Desenvolver habilidades sociais e ter ferramentas para melhorar a comunicação podem ser boas alternativas quando o objetivo é uma melhor relação com o mundo, afinal, amar e se sentir amado através de uma boa troca afeta positivamente nossa vida pessoal, amorosa, profissional e sexual. Vamos entender melhor? Comunicação, do latim communicatio, traz em sua etimologia “tornar comum a todos”, ou seja, não há comunicação quando não existe compreensão das partes envolvidas, e se não houver entendimento comum e alinhado sobre o que se está sendo dito, todo o processo fica prejudicado. Em um relacionamento amoroso, isso pode ser percebido da seguinte forma: Marcela (nome fictício) se sente amada ouvindo um “eu te amo” de sua parceria, que, por sua vez, demonstra amor dando presentes. Sendo assim, muito provavelmente, Marcela não se sentirá amada da forma como gostaria para manter a reciprocidade na relação com o tempo. Percebe? Nesse caso, alinhar de tempo em tempo o que para ambos é importante no processo de se sentir amado e desejado é absolutamente necessário. Pode parecer óbvio, né?! Mas em se tratando de pessoas, só é evidente aquilo que é explicito. O livro “As Cinco Linguagens do Amor” aborda formas interessantes de manifestar e experimentar novas maneiras de amor e comunicação. Que tal experimentar? Vejamos:

  • 1. Palavras de afirmação: elogiar, demonstrar afeto por meio de palavras carinhosas e encorajadoras, parabenizar o outro por sua conquista, reconhecer as qualidades do outro…;
  • 2. Tempo de qualidade: atenção dedicada ao outro no momento em que se está com a parceria. Vale ressaltar que tempo é diferente de qualidade: estar com o outro pensando longe ou mexendo no celular, por exemplo, pode não ser o desejo do outro. Às vezes, um tempo, mesmo que curto, dedicado a outra pessoa, pode significar muito mais para quem enxerga esse amor;
  • 3. Presentes: vale ressaltar que o importante é ter uma ideia e se lembrar do outro. O custo do presente não precisa ser alto, o que importa é o valor emocional da intenção;
  • 4. Atos de serviço: são basicamente formas de servir o outro. Lavar a louça, ajudar em tarefas domésticas, cozinhar, tirar o lixo, e por aí vai. Gosto de pensar que essa linguagem de amor se relaciona com a facilitação da vida do outro, mesmo que esse outro não peça;
  • 5. Toque físico: aqui vale tudo, minha gente! Carinhos, andar de mãos dadas, massagens, beijos, ver filmes agarradinhos, dar aquela rapidinha (ou aquela demoradona, hehe).

Estas são algumas das formas de nos sentirmos amados, respeitados e valorizados. E como cada indivíduo é diferente, vale pensar que cada um sente essas linguagens do amor de maneira distinta, dando mais valor a uma e menos a outras, por exemplo. Um ponto muito importante de ressaltar é que, assim como a pessoa se sente amada através dessas linguagens, ela pode se sentir não amada. Quando não amada na sua linguagem de amor, ainda que não seja consciente! E é por isso que é muito importante o diálogo dentro das relações, sejam elas amorosas ou não, para que as pessoas que se relacionam se sintam verdadeiramente amadas e valorizadas.

O post Você sabe demonstrar amor à sua parceria? apareceu primeiro em Jornal de Brasília.

Fonte: Jornal de Brasília

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias