21.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 20, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

‘Se havia algo, o alvo era eu’, diz Duilio sobre câmeras escondidas no Corinthians

(FOLHAPRESS) – O ex-presidente do Corinthians Duilio Monteiro Alves disse não acreditar que câmeras e microfones possam ter sido escondidos na sala que ele ocupou no Parque São Jorge de 2021 a 2023. Ele completou, porém, que caso algum equipamento tiver sido achado, o alvo da espionagem era ele.

Nesta quarta-feira (10), reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que uma varredura determinada por Augusto Melo, o atual mandatário do time alvinegro, encontrou pelo menos três equipamentos de espionagem no andar em que fica a sala do cartola e onde ocorrem também reuniões com outros dirigentes e conselheiros.

“Não acredito que algo foi encontrado. Mas se havia algo, certamente o alvo era eu”, disse Duilio à Folha de S.Paulo.

O ex-dirigente afirmou, ainda, “ignorar totalmente a existência de qualquer tipo de equipamento instalado e escondido” e “repudia veementemente qualquer insinuação de vínculo da minha gestão com coisas desse tipo.”

A assessoria de imprensa da equipe confirmou a informação obtida pela reportagem com três fontes distintas e, em nota curta, disse somente que “a nova administração do Corinthians lamenta, mas não se surpreende com o ocorrido”.

Um dos equipamentos estava atrás da tela de um quadro que fica atrás da mesa de Augusto. Outro foi encontrado em um interruptor de tomada, e o terceiro, debaixo da mesa da secretária da presidência.

Além dos membros da nova diretoria, os locais são frequentados por empresários de atletas e executivos de empresas com as quais o clube mantém ou negocia parcerias.

Até o momento, o presidente do Corinthians optou por não fazer um boletim de ocorrência. De acordo com pessoas próximas ao cartola ouvidas pela reportagem, ele teme ser acusado de ele próprio ter plantado os equipamentos para criar uma notícia.

Além disso, há uma desconfiança de que o alvo inicial do esquema de espionagem possa nem ser Augusto.

No último ano de seu mandato, o ex-presidente Duilio Monteiro Alves acabou se distanciando do grupo que o ajudou a se eleger.

Parte do grupo divergia sobre uma suposta intenção de Duilio de tentar uma reeleição -algo que é vetado pelo estatuto do Corinthians. Pessoas ouvidas pela reportagem afirmaram não descartar que o próprio ex-presidente tivesse sido monitorado por pessoas de seu grupo político.

Leia Também: Grêmio anuncia acordo com o goleiro argentino Marchesín: ‘Experiência e qualidade ao elenco’

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Última Hora

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias