Inflação para famílias de renda mais baixa cai 0,60%
IPCA tem deflação de 0,68% em julho, menor taxa da série histórica
Anvisa proíbe uso do fungicida carbendazim em produtos agrotóxicos
Caminhoneiros recebem auxílio com parcela dobrada
Estudo mostra alta da pobreza em regiões metropolitanas

São Paulo vive ‘Calleridependência’ na temporada 2022

Calleri em partida contra o RB Bragantino pelo Brasileirão

Calleri em partida contra o RB Bragantino pelo Brasileirão
Rubens Chiri / SPFC.net

Nesta temporada, um jogador vem se destacando no São Paulo. O argentino Jonathan Calleri é o responsável por 12 gols, sendo o artilheiro isolado da equipe. Além disso, o atacante é o responsável por comandar o ataque e liderar as principais finalizações do time comandado por Rogério Ceni.

Na lista da artilharia, Calleri é seguido pelo zagueiro Arboleda e pelo atacante Luciano, que somam apenas três gols cada um – ou seja, nem a metade do que anotou o centroavante neste ano.

O argentino se destaca também por ser decisivo. Das 24 partidas do Tricolor disputadas no ano, somando Copa do Brasil, Paulistão, Sul-Americana e Campeonato Brasileiro, Calleri foi protagonista em nove, seja por gols decisivos, hat-tricks (3 gols no jogo) ou até mesmo com uma boa atuação.

De todas essas, em seis, o Tricolor saiu vitorioso, sendo que em cinco, o argentino foi o grande nome da partida. 

 

 

 

 

 

 

Contra a Ponte Preta, Água Santa, Corinthians e Palmeiras, no Campeonato Paulista, por exemplo, o argentino foi destaque com seus gols decisivos.

Contra o time de Campinas e o de Diadema, o camisa 9 marcou nos últimos minutos, garantindo a vitória ao Tricolor. Já contra o rival alvinegro, Calleri marcou o único gol da partida e logo ao primeiro minuto. Contra o Verdão, o centroavante fez dois dos três gols no jogo de ida da grande final do Paulistão.

Já no Brasileirão, Calleri marcou um hat-trick na goleada por 4 a 0 em cima do Athletico, na estreia da competição. Depois, anotou o único gol na derrota para o Flamengo por 3 a 1.

No empate contra o RB Bragantino do último sábado (23), o argentino foi um dos grandes destaques e foi um dos jogadores que mais chances criou, mas não balançou as redes.

Agora, o São Paulo enfrenta o Jorge Wilstermann (Bolívia) pela Copa Sul-Americana. Se Rogério Ceni seguir a estratégia de usar uma equipe alternativa nos confrontos da Conmebol, o argentino provavelmente deverá ganhar um descanso. A partida acontece na próxima quinta-feira (28), às 19h15 (de Brasília).

Quanto vale Endrick? Saiba quais os brasileiros sub-20 mais valiosos da atualidade

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.