25.6 C
Distrito Federal
quinta-feira, julho 18, 2024

Presos em operação de tráfico de drogas são de classe média alta, diz delegado

Durante coletiva à imprensa, na manhã de terça-feira (5), na Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), o delegado titular da unidade, Wilson Cibulskis, disse que os envolvidos no tráfico de drogas sintéticas incluem estudante de medicina, advogado e moradores de bairros nobres da capital.

“Geralmente quem vende são pessoas de classe média alta, que são os traficantes, e os consumidores também, até mesmo porque a droga tem um valor agregado maior, então são consumidos por jovens de classe média”, disse o delegado.

Conforme balanço parcial da terceira fase da operação “Doce Amargo”, 29 mandados de prisão foram cumpridos, sendo 13 pessoas autuadas em flagrante. Estufa de droga também foi localizada em uma residência de Cuiabá.

Leia também – Adolescente faccionado morre em confronto com a polícia

A operação também localizou uma estufa de droga, com aproximadamente 80 mudas de maconha, em uma residência de Cuiabá. Os policiais também apreenderam 3 armas de fogo, R$ 20 mil em dinheiro, além de entorpecentes.

Segundo o delegado, os alvos são de Cuiabá, Várzea Grande (5 km ao norte), Castanheira (779 km a noroeste), Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste), Cáceres (225 km a oeste), e Foz do Iguaçu-PR.

Fonte: R7 – Cidades

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias