Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

PF prende seis por rojões, tiros e pedras contra comboio da PRF em rodovia no PA

A Polícia Federal no Pará prendeu nesta quinta-feira, 24, seis pessoas por crimes cometidos durante o bloqueio da Rodovia BR 163, em Novo Progresso, após a derrota do presidente Jair Bolsonaro nas urnas. As medidas integram a Operação 163LIVRE, que apura suposta tentativa de homicídio e resistência contra policiais rodoviários federais que tentavam liberar a estrada.

Como mostrou o Estadão, a equipe da PRF foi atacada com pedras e rojões quando se dirigiu ao município do sudoeste do Estado para desbloquear a rodovia. Segundo a Polícia Federal, as viaturas da corporação foram atingidas por disparos de armas de fogo. Vídeos que circularam nas redes sociais mostraram os veículos com os vidros estilhaçados.

A ofensiva aberta na manhã desta quinta-feira ainda vasculha 11 endereços e tenta cumprir mais quatro ordens de prisão temporária. Os seis investigados capturados foram encaminhados para Santarém. A operação tem participação do Ministério Público Federal e apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Segundo os investigadores, as medidas decretadas no bojo da operação 163LIVRE têm como pressuposto ‘a provável existência de associação criminosa voltada para a prática de diversos delitos’, entre eles constrangimento ilegal, dano qualificado, atentado contra a liberdade de trabalho desobediência e desacato – além da tentativa de homicídio e do crime.

As investigações tiveram início no dia 7 de novembro, quando os agentes da PRF foram atacados. À época, a corporação afirmou que um policial acabou sendo ferido pelos manifestantes.

De acordo com a PF, o nome da operação aberta nesta quinta-feira, 24, faz referência à Rodovia BR163 e à ‘atuação repressiva, visando agregar esforços para manter a via “livre” de bloqueios, ameaças ou violência contra as pessoas que nela trafegam’.

Fonte: Notícias ao Minuto Brasil – Politica

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *