22.6 C
Distrito Federal
sexta-feira, julho 19, 2024

O que o TL2 da F1 no Bahrain 2024 nos mostrou?

Treino livre 2 no Bahrain

Por: Adauto Silva

Que tal falarmos um pouco sobre os stints longos (pequenas simulações de corrida) feitos pelos pilotos no TL2 para o GP do Bahrain?

Eles são muito representativos para a corrida, pois são no mesmo horário, com os pneus que mais serão usados e com tanque razoavelmente cheio.

Eu tenho em mãos os tempos de uma equipe de F1, que tem os tempos de todos. Esses tempos que aparecem na internet muitas vezes não são precisos e pior, não seguem o padrão que as equipes seguem. Um dos itens é descartar uma volta ou mais do stint quando o piloto pega um adversário lento na frente, ou faz a reta inteira colado em alguém, já que essas coisas (e outras) distorcem a interpretação do stint.

Posso afirmar que Oscar Piastri fez com stint longo “válido” muito forte, chega a impressionar! O pessoal ainda não sabe ler stint longo, mas ele fez melhor que Verstappen e que Perez.

A Mercedes costuma fazer stints longos com mais combustível do que Vermelhos e Touros. Se foi esse o caso, eles também foram bem.

O Sainz foi bem melhor que o Percival no stint longo que eu considero válido.

Alonso foi consistente, mas ficou um pouco pior que Piastri, Mercedes e Red Bull.

Tudo isso é válido para a corrida, mas não definitivo, pois todas as equipes mexem no acerto de hoje para amanhã.

Para a classificação esses stints valem pouco, ou quase nada. Em classificação a Red Bull não era dominante como em corrida ano passado.

Por isso, eu digo que a classificação ainda está em aberto. Amanhã no TL3 teremos uma ideia bem melhor.

Adauto Silva
Leia e comente outras colunas do Adauto Silva

Fonte: R7 – Automobilismo

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias