19.6 C
Distrito Federal
domingo, março 3, 2024

Família brasileira que estava em Gaza é levada para abrigo na cidade de São Paulo – Notícias

A família de brasileiros que estava na Faixa de Gaza, na Palestina, foi acolhida em abrigo conveniado com a Prefeitura de São Paulo. Uma mulher de 30 anos e os filhos, de 4 anos, 2 anos e um bebê nascido em 24 de dezembro do ano passado, chegaram neste sábado (10) por volta das 21h em voo comercial no Aeroporto Internacional de Guarulhos, vindo do Cairo, capital do Egito.

A família foi recebida por equipes do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, que coordena o abrigo dos migrantes vindos de Gaza, da Acnur (Agência da ONU para Refugiados) e da OIM (ONU Migração) e também por um tradutor.

De acordo com o ministério, todos “estão bem de saúde, mas passarão por atendimento médico para avaliação das condições clínicas e de vacinação”. Após o Carnaval, todos seguirão para acolhimento em Belo Horizonte.

Repatriados

Essa foi a quarta operação do governo federal para repatriação de brasileiros que estavam em Gaza e na Cisjordânia. Ao todo, já foram resgatados 149 brasileiros e parentes próximos – 117 que estavam em Gaza, com a família, e 32 que estavam na Cisjordânia.

A família tem dupla nacionalidade (brasileira e palestina) e já foi incluída nas listas de evacuação de estrangeiros anteriores. A viagem não ocorreu porque a mulher estava grávida. O bebê nasceu na véspera do Natal.

Os brasileiros estavam alojados em Rafah, no sul de Gaza, em uma casa alugada pelo escritório do Brasil em Ramallah, recebendo toda a assistência, inclusive recursos para alimentos, água e remédios.

No fim de dezembro, um grupo de 32 brasileiros e familiares deixou a Faixa de Gaza. Eles foram trazidos ao Brasil em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) que saiu do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

No total, foram retirados da Palestina 143 brasileiros e parentes próximos (32 da Cisjordânia, em 1º de novembro; 32 de Gaza, em 12 de novembro; 47 de Gaza, em 9 de dezembro; e 32 de Gaza, em 21 de dezembro).

A ação aconteceu duas semanas depois de o governo brasileiro retirar a segunda leva de pessoas do território palestino.

Em 9 de dezembro, um grupo de 47 brasileiros e familiares próximos deixou Gaza. Dos 78 previstos na lista autorizada, cruzaram a fronteira de Rafah em direção ao Egito 11 binacionais brasileiro-palestinos e 36 palestinos; 27 menores; 16 mulheres (duas idosas) e quatro homens adultos.

Em novembro, após mais de um mês de espera, 32 pessoas deixaram a Faixa de Gaza com destino ao Brasil. No grupo estavam 22 brasileiros e dez palestinos.

Fonte: R7 – Brasília

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias