15.6 C
Distrito Federal
quarta-feira, maio 29, 2024

‘Eco’, nova série da Marvel, estabeleceu um novo patamar de custos

A indústria cinematográfica testemunhou a chegada de ‘Eco’, a mais recente aposta da Marvel Studios para o Disney+.

A obra não só capturou a atenção dos fãs por sua trama envolvente, mas também por estabelecer um novo recorde de economia no âmbito das séries de streaming do estúdio.

Veja também

Revelações apontam que a produção demandou um investimento significativamente inferior aos seus predecessores, marcando um momento de transição nas estratégias da Marvel.

Conheça Maya Lopez e sua trajetória como Eco

‘Quem é Eco?’, essa pergunta ressoa entre os espectadores à medida que Maya Lopez, interpretada pela atriz Alaqua Cox, se aventura no próprio seriado do Disney+.

Sua primeira aparição se deu em ‘Gavião Arqueiro’, desde então, sua história tem despertado curiosidade.

Ligada ao infame Wilson Fisk, o Rei do Crime, Lopez representa um avanço na diversidade e inclusão dentro do universo Marvel, por ser uma personagem nativa-americana e surda.

Alaqua Cox interpreta Maya Lopez em ‘Eco’ – Imagem: Mix de Séries/Reprodução

A jornada de Eco no MCU é apenas um capítulo recente de sua história, que se originou nas páginas dos quadrinhos em 1999.

Conhecida por sua habilidade única de replicar qualquer movimento visualizado, Lopez se tornou uma peça-chave nas tramas do Rei do Crime.

Enganada a acreditar que o Demolidor era responsável pela morte de seu pai, ela foi treinada para se tornar uma assassina.

No entanto, a descoberta da verdade sobre Fisk e seu amor conflitante por Matt Murdock, o Demolidor, levou-a a uma busca por justiça e redenção.

Anos mais tarde, ela assumiria a identidade de Ronin, lutando ao lado dos Novos Vingadores contra ameaças como o Tentáculo e a Hydra.

Um olhar sobre o orçamento

Segundo informações da Forbes, a produção de ‘Eco’ requereu apenas 40 milhões de dólares, valor este que se situa 20% abaixo dos custos de produções anteriores como ‘Invasão Secreta’, ‘Gavião Arqueiro’ e ‘Mulher-Hulk: Defensora de Heróis’, cada uma orçada em 212 milhões de dólares.

Esse dado reflete uma mudança na gestão de recursos destinados às séries televisivas da Marvel e sinaliza um possível redirecionamento do foco financeiro para os próximos lançamentos cinematográficos do MCU.

Expectativas, curiosidades e estreia

A estratégia de lançamento de ‘Eco’ pelo Disney+ visa expandir o leque de narrativas do MCU, além de prometer explorar as origens e a evolução de Maya Lopez.

Desde a sua infância até o momento em que se desvencilha das garras de Fisk, a série promete ser um mergulho profundo na vida da personagem.

A representatividade também é uma característica-chave nessa obra da Marvel. Alaqua Cox, atriz que deu vida à Maya Lopez, assim como sua personagem, é surda e nativa-americana.

Por incrível que pareça, ela jamais trabalhou com atuação antes de conquistar seu papel em ‘Gavião Arqueiro’ e, mesmo assim, conseguiu alcançar o patamar que se encontra atualmente, protagonizando ‘Eco’, série sobre a história de sua personagem.

Rhys Thomas, diretor de ‘Gavião Arqueiro’ foi surpreendido com o teste da atriz Alaqua Cox, cheio de determinação, tendo personificado a Maya Lopez magistralmente, fator que a levou a conquistar toda a produção.

Com a estreia já realizada no início de janeiro, a série estabelece Maya Lopez como uma figura central no Universo Cinematográfico da Marvel, prometendo aos fãs uma experiência única de imersão na história de uma das suas mais intrigantes heroínas.

Fonte: R7 – Cinema

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias