28.6 C
Distrito Federal
quarta-feira, abril 17, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

Como idoso cavou poço quase ‘perfeito’ onde acabou morrendo

O idoso João Pimenta da Silva, de 71 anos, cavou um poço de 40 metros quase “perfeito”, no chão da cozinha da própria casa em Ipatinga (MG), em que acabou caindo e morrendo na última quinta-feira, 4.

Ele cavou o poço para tentar encontrar ouro depois de um “sonho profético” que o deixou obcecado, segundo vizinhos do bairro Bethânia.

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais disse que a equipe que atendeu à ocorrência não compreendeu como Silva fez a escavação, que, segundo a corporação disse ao jornal O Globo, “beira a perfeição”.

Idoso passou mais de 1 ano construindo o poço em busca de ouro, ele afirmou que um “espírito” indicou o lugar do tesouro

idoso poço 3
O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais disse que a equipe que atendeu à ocorrência não compreendeu como Silva fez escavação | Foto: Divulgação/Bombeiros-MG

Os militares fizeram imagens do poço que mostraram alguns equipamentos profissionais, embora as estruturas de acesso fossem bastante precárias e sem nenhuma segurança.

“O seu João estava furando esse buraco há mais de 1 ano”, disse o vizinho Arnaldo da Silva ao jornal O Globo. “Nesse período, ele contratou muitas pessoas para fazer essa escavação. Ele começou pagando R$ 70 por dia quando o buraco era raso, mas quanto mais fundo foi ficando, maiores foram ficando os valores.”

Arnaldo contou que, na reta final da construção, o idoso vinha pagando R$ 500 para quem entrasse no buraco para ajudar a tirar terra.

+ Leia mais notícias sobre o Brasil em Oeste

A construção parou em 40 metros de profundidade porque uma pedra muito grande apareceu no fundo do buraco, complicada de tirar. “Houve boato até de que ele vinha falando em procurar dinamite para explodir a rocha”, contou o vizinho. 

João Pimenta da Silva contou ao vizinho que foi um espírito que disse para ele cavar o poço na cozinha para encontrar um tesouro.

idoso poço 2
“Ele começou pagando R$ 70 por dia quando o buraco era raso, mas quanto mais fundo foi ficando, maiores foram ficando os valores”, disse vizinho | Foto: Divulgação/Bombeiros-MG

“Eu conversei com ele da última vez e ele disse que, depois dessa rocha, havia um oco onde estariam as pedras de ouro que ele procurava”, disse Arnaldo. “Disse que recebeu orientações espirituais. Questionei: ‘Que tipo de espírito é esse, seu João?’ Ele disse que era da ‘linha branca’. Como não entendi nada, falei só para ele tomar cuidado, que era muito perigoso o que estava fazendo, que podia haver gases explosivos ali.”

Fonte: R7 – Brasil

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias