Fies: pré-selecionados devem enviar informações até esta sexta-feira
Pesquisa aponta redução de 404 mil trabalhadores no comércio em 2020
Pesquisa delineia possibilidades para um segundo turno no DF
Caso seja reeleito, Ibaneis pretende manter modelo do Iges-DF
Movimentação de cargas cresce 2,3% no trimestre no Porto de Santos

Carlos Brazil diz estar motivado para trabalhar no profissional do Vasco em 2022: ‘Aqui é minha casa’

Lance

Lance Lance

Para a próxima temporada, o Vasco decidiu apostar em dois nomes conhecidos pela torcida seu departamento de futebol. Um deles é o técnico Zé Ricardo, que foi apresentado, nesta quarta-feira. Ao lado dele, também esteve presente na coletiva o gerente Carlos Brazil, que trabalhou com as divisões de base do cruz-maltino antes de sua recente passagem pelo Corinthians.

Agora, o desafio na carreira de Brazil é ainda maior. Ele está à frente da reformulação do elenco para 2022 ao lado do novo comandante e trabalhará no departamento da equipe principal do clube. O profissional pontuou que o Vasco é “sua casa” e que está preparado para exercer a função e que foi elaborado um organograma com várias pessoas que conhecem bem o futebol.

+ Confira a classificação final da série B do Campeonato Brasileiro

– Colocar a minha alegria de voltar. Aqui é a minha casa. Onde me sinto muito bem. É um desafio grande e a gente entende que alcançaremos os objetivos. Conversamos muito com o presidente, comitê de futebol e toda diretoria a importância de ter um organograma robusto para o futebol, que era uma promessa de campanha do presidente. Isso se cumpre neste momento. Considero isso uma convocação vir para o Vasco. Espero ter o apoio de toda torcida para que a gente possa atingir os objetivos no próximo ano – frisou o gerente.

O presidente Jorge Salgado afirmou que negociou com nomes para a pasta do futebol, mas não teve êxito. A chegada de Carlos Brazil e a relação com o técnico Zé Ricardo do o comitê agradaram o mandatário, que a princípio, irá manter essa configuração para a sequência a temporada.

– A gente fez contatos para diretor. Não conseguimos. Tivemos dificuldades. Decorrido um tempo, fizemos contato com Brazil, veio e nas conversas sentimos que poderíamos iniciar o ano com ele como gerente geral de futebol. O Brazil conhece o clube. No decorrer do processo vamos analisar o que vai acontecer. Eventualmente trazer algum diretor. O que me deixa seguro é que no movimento inicial estamos percebendo sinergia muito grande entre Brazil, comitê e Zé Ricardo – explicou o presidente Jorge Salgado.

Ao ser questionado sobre a diferença entre trabalhar com a base e com os profissionais, Carlos Brazil salientou que são objetivos diferentes, mas que foram estabelecidas metas para fazer com que o Vasco retorne à primeira divisão. Ele ressaltou que sabe trabalhar com o mercado foi criado um comitê consultivo para um trabalho em conjunto.

+ Apresentado, Zé Ricardo encara desafio com o Vasco na Série B como ‘A maior oportunidade da carreira’

– Eu vejo com dois objetivos diferentes. A base tem o intuito de revelar e o profissional de ganhar. Eu me sinto preparado para desempenhar a função, mas não se trabalha sozinho. Temos um corpo, um comitê consultivo de pessoas totalmente sérias, competentes, que tem nos ajudado, assim como o presidente, que nos ajuda a tomar as decisões. Trabalho com esporte há 38 anos, com gestão há 38 anos. Temos metas e vamos trabalhar para isso e entregar aquilo que nos propomos, com o Vasco na primeira divisão e disputando as principais competições do país. explicou Carlos Brazil.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Últimas Notícias:

vacina