21.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 20, 2024

Doação de sangue 2024. Todo doador é sangue bom.

Câmeras mostram que menino desaparecido na Barra da Tijuca estava ao lado de um homem

A Polícia Civil obteve imagens de câmeras da praia que registraram o menino de 6 anos que desapareceu na Barra da Tijuca,  Édson Davi Silva Almeida, sendo acompanhado por um homem. Confira:

As imagens mostram Édson Davi caminhando pelo calçadão da orla e, depois, em direção à praia. O homem segue o menino no segundo vídeo, e novas imagens dos dois ainda não foram encontradas. Os vídeos circulam nas redes sociais.

As imagens estão sendo analisadas pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA). Os policiais também estão ouvindo testemunhas para localizar o menino, segundo o portal g1. E o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer buscas no mar.

O desaparecimento de Édson Davi Silva Almeida

polícia menino | A família disse que é improvável que ele tenha ido para a água porque ele tinha medo do mar | Foto: Divulgação/Polícia Civil
A família disse que é improvável que ele tenha ido para a água porque ele tinha medo do mar | Foto: Divulgação/Polícia Civil

O garoto foi visto pelo pai pela última vez enquanto brincava na areia com outras crianças, por volta das 16h, na última quinta-feira, 4. O pai do menino, Édson dos Santos Almeida, disse que as crianças estavam acompanhadas por um homem.

Não há confirmação de que o homem dos vídeos seja o mesmo que acompanhava as crianças que brincavam com o menino. Na ocasião, o menino de 6 anos acompanhava o pai, que trabalha como barraqueiro. 

O pai disse que o filho fez um lanche às 15h30 e depois ficou brincando com outras duas crianças do lado de fora da barraca. Almeida disse que sentiu falta do filho enquanto fechava a conta de alguns clientes.

Menino | O menino brincava próximo à barraca de seu pai, que trabalha no local há três anos | Foto: Reprodução/Arquivo pessoal
O menino brincava próximo à barraca de seu pai, que trabalha no local há três anos | Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

O último vídeo feito pelo pai de Édson Davi mostra o menino dentro da barraca onde o pai trabalha. Ele aparece sorrindo e vestia uma blusa térmica preta. Almeida também disse que o filho era uma criança obediente.

“Ele é um menino obediente”, disse Almeida. “Qualquer coisa que eu falava, ele obedecia e não ia [com outras pessoas]. Atrás da barraca tem uma lona que não dava para ver ele. Ele estava brincando e dali sumiu. Fui sentir falta umas 16h30.”

+ Leia mais notícias sobre o Brasil em Oeste

Almeida também disse que o filho nunca tinha se afastado da barraca. Em depoimento à polícia, ele disse que Édson Davi chegou a pedir para ir ao calçadão. Ele não autorizou e o menino ficou brincando ao lado das duas crianças que aparentavam ter 7 anos.

Ao portal Terra, a Polícia Civil disse que as imagens de câmeras de segurança estão sendo analisadas e que os agentes tentam localizar a criança. O Corpo de Bombeiros também foi acionado para fazer buscas no mar.

menino desaparecido barra da tijuca 2
Édson Davi Silva Almeida estava de blusa térmica preta quando desapareceu | Foto: Arquivo pessoal

Os pais não acreditam que Édson Davi foi para a água, pois ele tinha medo do mar. “Ele foi sem os chinelinhos que estão lá na minha barraca”, disse a mãe, Marize Araújo. “Ele é um menino doce e todos o conhecem, é agarrado a mim. Acredito que nessa hora ele esteja chamando por mim.”

A família de Édson Davi mora em Gardênia Azul, bairro da zona oeste do Rio de Janeiro. Eles trabalham em uma barraca que fica na localidade do Posto 4. O suspeito do desaparecimento, segundo funcionários da barraca, parecia ser um estrangeiro, segundo o portal Metrópoles.

Fonte: R7 – Brasil

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias