CLDF debate soluções para superendividamento de servidores junto ao BRB
Câmara Legislativa debate a política de educação inclusiva no DF
TSE capacita influenciadores digitais para ajudar a combater fake news
México passará a exigir visto impresso no passaporte de brasileiros
Indicador antecedente de emprego cai após três altas

BH amplia 3ª dose contra Covid-19 a trabalhadores da saúde 

Campanha de vacinação na capital é ampliada

Campanha de vacinação na capital é ampliada Reprodução/RecordTV Minas

Belo Horizonte anunciou, nesta quinta-feira (14), a convocação de todos os trabalhadores da saúde com 18 anos ou mais para a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

A prefeitura também decidiu chamar os moradores com 37 e 36 anos para receberem a segunda dose da AstraZeneca e a população com 35 anos para completar o esquema vacinal com o imunizante da Pfizer.

Veja o calendário atualizado de vacinação em Belo Horizonte:

Sexta-feira (15/10):

– Dose de reforço para trabalhadores da saúde de 50 anos ou mais cuja segunda dose tenha completado 6 meses, ou nos casos em que faltem até 15 dias para completar esse prazo.

Sábado (16/10):

– Campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos e campanha nacional de multivacinação para crianças e adolescentes até 14 anos;
– Não haverá aplicação de vacinas contra a Covid-19.

Segunda-feira (18/10):

–  Segunda dose de AstraZeneca para pessoas de 37 anos cuja data no cartão de vacina esteja marcada para até 25 de outubro.

Terça-feira (19/10):

– Dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 35 anos, completos até 31 de outubro, cuja segunda dose tenha completado 6 meses, ou nos casos em que faltem até 15 dias para completar esse prazo.

Quarta-feira (20/10):

– Dose de reforço para trabalhadores da saúde a partir de 18 anos, completos até 31 de outubro, cuja segunda dose tenha completado 6 meses, ou nos casos em que faltem até 15 dias para completar esse prazo.

Quinta-feira (21/10):

– Segunda dose de AstraZeneca para pessoas de 36 anos cuja data no cartão de vacina esteja marcada para até 28 de outubro.

Sexta-feira (22/10):

– Segunda dose de Pfizer para pessoas de 35 anos cuja data no cartão de vacina esteja marcada para até 29 de outubro.

Sábado (23/10):

– Não haverá vacinação contra a Covid-19.

Como se vacinar

Os moradores que vão receber a segunda dose precisam apresentar documento de identidade com foto, CPF, o cartão de vacina com a marcação da primeira dose e comprovante de residência.

Já os trabalhadores da saúde devem apresentar a identidade, cartão de vacinação e algum documento que comprove a atuação em uma instituição médica da capital, como contracheque, carteira ou contrato de trabalho.

A campanha de vacinação é realizada de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h nos postos fixos e extras, e das 8h às 16h30 nos pontos de drive-thru. Já aos sábados, os postos fixos funcionam das 7h30 às 14h e os pontos de drive-thru atendem das 8h às 14h. A capital também conta com quatro locais com atendimento até as 20h. A lista completa com os endereços está disponível neste link.

Até esta quinta-feira (14), Belo Horizonte já havia recebido 4.104.500 doses de imunizantes. Mais de 82% das pessoas que moram ou trabalham na capital mineira receberam a primeira dose, e 56% receberam as duas aplicações ou a vacina de dose única. Até o momento, já foram aplicadas 73.729 doses de reforço.

Confira o avanço da vacinação pelo Brasil:

*​Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli.

Fonte: R7 – Saúde

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.