19.6 C
Distrito Federal
domingo, março 3, 2024

Bactérias resistentes a antibióticos se proliferam nos hospitais

A disseminação de bactérias e outros microrganismos resistentes aos antibióticos preocupa a comunidade médica internacional. Descobriu-se que o número desses microrganismos está crescendo nos hospitais pelo mundo. 

+ Leia mais notícias do Mundo em Oeste

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) coletaram água da torneira, riachos e do esgoto comum e hospitalar e levaram para um laboratório na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. Eles verificaram possíveis bactérias que são resistentes aos antibióticos. 

Leia também: “Cientistas produzem célula sintética com auxílio de bactérias”

O trabalho é parte de um projeto internacional, coordenado no Brasil pela infectologista Anna Sara Levin. 

Ameaça à vida

Sem antibióticos eficientes, fica quase impossível realizar cirurgias, transplantes e tratamentos quimioterápicos contra o câncer. Problemas como um corte mais profundo ou uma infecção respiratória podem se tornar uma ameaça à vida. 

Leia mais: “Bactérias foram os primeiros ‘astronautas’”

“Poucas intervenções aumentaram tanto a longevidade humana quanto a oferta de água tratada e o desenvolvimento de vacinas e antibióticos”, afirmou o infectologista Arnaldo Lopes Colombo, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). 

Procedimentos cirúrgicos podem estar em risco

Cirurgias
Os antibióticos são compostos de químicos que inibem o crescimento de bactérias ou as matam | Foto: Reprodução/Freepik

Os antibióticos são compostos de químicos que inibem o crescimento de bactérias ou as matam. Se há micro-organismos resistentes ao remédio, procedimentos cirúrgicos poderiam estar sob risco. 

Leia também: “‘Cocô’ marinho pode ajudar no combate ao câncer, afirmam cientistas”

Por esse motivo, os pesquisadores estão assustados com o crescimento desses micro-organismos. “Estamos vendo surgir bactérias contra as quais não há mais medicamentos eficazes”, disse a infectologista Fernanda Lessa, chefe do programa internacional de controle de infecções dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos. 

Cerca de 136 milhões de casos de infecção hospitalar

Um levantamento coordenado pelo epidemiologista Ramanan Laxminarayan, da Universidade de Princeton, nos EUA, estimou que, a cada ano, no mundo, ocorram cerca de 136 milhões de casos de infecção hospitalar causados por esses micro-organismos. 

Leia também: “Cientistas desenvolvem exame de sangue para diagnosticar bipolaridade”

De acordo com dados, publicados em junho de 2023 na revista PLOS Medicine, a China é, de longe, o país mais afetado, com 52 milhões de casos. O Brasil aparece em quinto lugar, com quatro milhões.

Fonte: R7 – Internacional

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias