20.6 C
Distrito Federal
sábado, abril 13, 2024

Amiga que ganhou filhote dado como shih-tzu mostra como pet ficou diferente do esperado

Quando Bruna Wilesky, que vive em Londrina, no Paraná, foi presenteada por uma amiga com uma adorável filhotinha, até então da raça shih-tzu, ela mal sabia como a pet ficaria depois de adulta.

Logo que recebeu a filhote, nomeada de Pandora, Bruna estava realizada, já que sempre quis ter um cão shih-tzu.

No entanto, à medida que a filhote crescia, ficava cada vez mais claro que algo estava fora do comum. E que ela realmente teria uma surpresa.

Enquanto a pelagem da filhote crescia e suas feições se desenvolviam, Bruna começou a perceber que ela não se parecia em nada com um típico shih-tzu.

Seus pelos eram mais curtos, seu focinho mais alongado e suas orelhas menos caídas.

Surpresa e confusa, Bruna logo percebeu que sua adorável filhotinha estava se tornando uma mistura única e inesperada de raças. Menos um shih-tzu.

Apesar da surpresa inicial, Bruna decidiu abraçar a singularidade da sua Pandora e embarcar nessa jornada com bom-humor e amor incondicional.

Ela logo descobriu que, embora sua companheira peluda não correspondesse às expectativas de raça, ela ainda era uma amiga leal e cheia de personalidade, capaz de trazer muita alegria e diversão para sua vida.

Afinal, para Bruna, o amor por seu filhote independe de sua aparência ou raça.

O registro desse antes e depois hilário foi compartilhado pela tutora no TikTok.

Confira:

A ‘fraude’ canina chamou a atenção dos internautas, que não economizaram comentários na publicação. Vamos conferir alguns deles:

“Muito melhor essa misturinha”

“De shih-tzu nunca teve nem uma célula KKKKKKK mas é uma gracinha”

“Comprei na Shopee”

Até o momento, o vídeo acumulou quase 200 mil visualizações, mais de 35 mil curtidas e muitos compartilhamentos.

Esse, porém, não foi o único caso em que o filhote cresce e se torna diferente do esperado.

Não menos amados, mas diferentes. Tamara Rodrigues adotou um filhote da raça ‘Border Collie’, mas algo chamou sua atenção.

Conforme o cão, chamado Dustin, ia crescendo, ele ficava cada vez menos parecido com o que ela estava imaginando. Apesar do resultado não ter sido o esperado, tudo ocorreu bem e Dustin continua na família, é claro, e é muito amado.

Ficou curioso pelo resultado? Então confira:

Hoje, Bruna e Pandora compartilham uma vida repleta de momentos felizes e memórias preciosas.

Apesar das reviravoltas inesperadas que a vida pode nos trazer, Bruna aprendeu que a verdadeira beleza está na aceitação e em amar as pessoas – e os cães – como eles são.

E, no caso de Pandora, sua aparência única e seu espírito vibrante a tornam ainda mais especial aos olhos da sua tutora. Que essa história nos lembre da importância de aceitar e amar independentemente de sua forma ou aparência.

Veja também este vídeo:

O que aconteceu com a Gangue dos Caramelos do NORTE?

Fonte: R7 – RPet

Artigos Relacionados

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Pesquisar

Últimas Notícias

Categorias