Renovação na CLDF chega a 50% dos distritais e há um novo campeão de votos
BRB PRORROGA INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO
Incerteza da Economia cai 4,9 pontos em setembro, aponta Ibre/FGV
O Prêmio CNT de Jornalismo 2022 já tem os seus 30 finalistas!
Bebê recebe o primeiro transplante parcial de coração do mundo

Vasco joga mal, mas vence a Ponte Preta em São Januário

Raniel comemora seu gol, marcado ainda no primeiro tempo na partida contra a Ponte Preta

Raniel comemora seu gol, marcado ainda no primeiro tempo na partida contra a Ponte Preta
ÉRICA MARTIN/THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO 27.04.22

Pela quarta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta quarta-feira (27), em São Januário, o Vasco venceu Ponte Preta pelo placar de 1 a 0. O único gol da partida foi marcado pelo centroavante Raniel, ainda na primeira etapa.

Precisando da vitória para encontrar a paz neste início de Série B, o Vasco, de cara, recebeu duas notícias ruins. Momentos antes do confronto, o goleiro Thiago Rodrigues, com dores no joelho direito, e o atacante Erick, que sentiu o músculo adutor direito, foram retirados da relação.

Ainda enfrentando pressão pelo momento vivido, o time carioca volta a campo no próximo domingo (01/05), às 18h, contra a Tombense, no Estádio Soares Azevedo. A Ponte, por sua vez, recebe o Brusque, um dia antes, às 20h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

O jogo

A partida começou pegada em São Januário, com muita briga pela bola no meio de campo. Em velocidade pelos lados, Gabriel Pec assustou primeiro em ataque do Vasco, e Danilo Gomes respondeu bem em finalização de Danilo Gomes.

O primeiro tempo foi ficando nervoso por conta da necessidade do resultado que as duas equipes tinham. Com poucas chances de ambos os lados, o erro no sistema defensivo poderia comprometer e assim aconteceu.

Aos 30 minutos, após cobrança de escanteio de Nenê pelo lado direito do gramado, a zaga da Ponte dormiu e Figueiredo ajeitou com o pé direito na segunda trave. Raniel apareceu livre e completou para o fundo da rede, abrindo o placar para o Vasco.

Recebendo alguns espaços para explorar o contra-ataque, o Vasco chegou a criar boa oportunidade em trama envolvendo Nenê, Pec e Figueiredo, mas não conseguiu furar o bloqueio da Macaca. O primeiro tempo foi encerrado por Rodolpho Toski Marques com o placar em 1 a 0.

Etapa final

A Ponte Preta voltou melhor para a segunda etapa após as alterações promovidas pelo técnico Hélio dos Anjos, encontrava espaços pelos lados e levou perigo com a finalização de Danilo Gomes, da entrada da área.

O duelo foi ganhando contornos dramáticos por conta de todo o nervosismo em São Januário e o número excessivo de faltas apareceu como forma de travar a partida. A técnica foi substituída pela força, que marcou o confronto ao longo dos 90 minutos.

O técnico Zé Ricardo ainda teve tempo para promover a estreia de Carlos Palacios, a grande contratação do Cruzmaltino para a Série B. Com toda categoria, o chileno controlou as ações, segurou a bola e fez o tempo passar, comandando a organização do time carioca.

Com o apito final do árbitro, o Vasco conseguiu sua primeira vitória na Série B do Brasileirão, chegou aos seis pontos, e “respira” após tantas cobranças pela falta de resultados neste início de temporada.

FICHA TÉCNICA
Vasco 1 x 0 Ponte Preta
Local: São Januário, Rio de Janeiro
Data e hora: quarta-feira (27/04), às 21h30
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta (PR)
Gol: Raniel 30’/1ºT (Vasco)
Cartões amarelos: Nenê, Anderson Conceição e Riquelme (Vasco) / Amaral, Léo Naldi e Wallisson (Ponte Preta)

VASCO: Alexander; Gabriel Dias (Weverton), Anderson Conceição, Quintero e Riquelme (Edimar); Yuri, Andrey Santos e Nenê (Palacios); Figueiredo (Vinícius), Raniel (Getúlio) e Gabriel Pec. Técnico: Zé Ricardo.

PONTE PRETA: Caíque França; Norberto, Thiago Oliveira, Fábio Sanches e Artur (Jean Carlos); Amaral (Wallisson), Léo Naldi (Pedro Júnior) e Ramon (Matheus Anjos); Echaporã (Gabriel Venâncio), Lucca e Danilo Gomes. Técnico: Hélio dos Anjos.

Liverpool vence o Villarreal por 2 a 0 e fica perto da final da Champions

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.