Drenar-GDF-300x250-GIF
Paraíba será o primeiro estado a pagar o piso nacional da enfermagem
Reservatórios do Túnel de Taguatinga estão concretados
Entidades do setor produtivo fazem ressalva a juros altos
Mortalidade prematura por câncer no Brasil deve cair até 2030
Prato Cheio libera mais de R$ 21,2 milhões em parcela de fevereiro

Seleção brasileira: Matheus Cunha é cortado por causa de lesão

Matheus Cunha foi cortado da seleção brasileira

Matheus Cunha foi cortado da seleção brasileira Lucas Figueiredo/CBF/15-07-21

O atacante Matheus Cunha foi cortado da seleção brasileira devido uma lesão muscular no adutor da coxa esquerda, segundo informou nesta sexta-feira (1º) a CBF, pouco depois do Atlético de Madrid anunciar que o jogador não enfrentaria o Barcelona, amanhã, pelo Campeonato Espanhol.

A lesão impediria o atacante de se apresentar à seleção brasileira, que realizará treino já na próxima segunda-feira (4), na Granja Comary, em Teresópolis, e depois enfrentará Venezuela, Colômbia e Uruguai nos dias 7, 10 e 14 deste mês, respectivamente, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022.

“Na tarde da última quinta-feira (30), o departamento médico do Atlético de Madrid enviou os exames de imagem do jogador campeão olímpico para o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar. Cunha também entrou em contato com a comissão técnica para comunicar a lesão”, diz nota emitida pela entidade.

O atacante se contundiu ontem, durante treino realizado no centro de treinamento dos ‘Colchoneros’ e não participou da atividade de hoje comandada pelo técnico argentino Diego Simeone, sendo assim, descartado para o clássico com o Barcelona, que acontecerá no estádio Wanda Metropolitano.

De acordo com as informações divulgadas pelo Atlético, Matheus Cunha foi submetido a uma ressonância magnética, que confirmou a lesão, por isso, passará por “tratamento médico e de fisioterapia, que será seguido por “treino alternativo”, de acordo com a evolução nos próximos dias.

 

Compartilhe este conteúdo!

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *