Empresas lançam Movimento de Infraestrutura para impulsionar investimentos no país
Economia Vendas do comércio crescem 0,4% de setembro para outubro, diz IBGE
Sonho de Copa: filha usa camisa autografada do Brasil pentacampeão em 2002 para ajudar a mãe se reerguer
POPHAUS: O MAIOR PARQUE DE INFLÁVEIS DA AMÉRICA LATINA CHEGA A BRASÍLIA
Safra de grãos 2022/23 é estimada em 312,2 milhões de toneladas

Santos sofre no ataque, mas evolui na defesa e empata com o Ceará

Santos e Ceará ficaram no 0 a 0

Santos e Ceará ficaram no 0 a 0 Lance

O Santos entrou em campo neste sábado (18) para encarar o Ceará, na Arena Castelão, e encerrar o jejum de vitórias na temporada. Não conseguiu, e agora está há 9 jogos sem saber o que é vencer. Apesar de melhor organizado em campo, o time de Fábio Carille, que foi escalado com três zagueiros, teve muitas dificuldades na criação, e acabou ficando no 0 a 0.

Marinho teve em seus pés a melhor chance da partida em uma cobrança de pênalti, mas escorregou na hora do chute e acabou isolando a bola.

O próximo compromisso do Santos pelo Campeonato Brasileiro está marcado para domingo que vem (26), diante do Juventude, em Caxias do Sul. No primeiro turno, ainda sob o comando de Fernando Diniz, o Alvinegro empatou por 0 a 0, na Vila Belmiro.

O Santos começou o jogo bem organizado e sem sofrer muito na defesa. Na frente, Felipe Jonatan teve a primeira oportunidade de abrir o marcador, mas foi dos pés de Marinho que saiu o lance marcante dos 45 minutos iniciais.

Anderson Daronco, com auxílio do VAR, marcou pênalti após a bola tocar no braço do zagueiro Messias. Na cobrança, Marinho acabou escorregando antes do chute e acabou jogando a bola nas arquibancadas da Arena Castelão.

Na etapa final, Carille se cansou dos erros de Pará e tirou o veterano aos 17 minutos para a entrada de Ângelo, improvisando Marcos Guilherme na ala direita. O time, no entanto, pouco evoluiu, e chegou a ser pressionado pelo Ceará, mas acabou conquistando um ponto graças à boa atuação do setor defensivo.

CEARÁ 0 X 0 SANTOS
Local: Arena Castelão
Árbitro: Anderson Daronco (RS)

CEARÁ: Richard; Gabriel Dias, Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Fernando Sobral, Geovane (Marlon), Vina (Yony González), Rick (Erick), Kelvyn (Lima), Jael (Cléber); Técnico: Tiago Nunes

SANTOS: João Paulo; Danilo Boza, Emiliano Velázquez e Wagner Palha; Pará (Ângelo), Camacho (Ivonei), Jean Mota (Zanocelo) e Felipe Jonatan; Marinho, Marcos Guilherme e Léo Baptistão (Raniel) Técnico: Fábio Carille

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *