Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Raphael Veiga na Seleção? Abel Ferreira evita assunto e elogia Tite

Raphael Veiga na Seleção? Abel Ferreira evita assunto e elogia Tite

Em entrevista coletiva no Allianz Parque após a vitória do Palmeiras por 3 a 0 contra a Ponte Preta nesta quarta-feira (26), pelo Paulistão 2022, o técnico Abel Ferreira comentou sobre a atuação de Raphael Veiga, decisivo mais uma vez ao deixar Rony em condições de marcar o terceiro após bela assistência. Questionado sobre a ausência do jogador na lista de convocados da Seleção Brasileira, o português aproveitou para exaltar o trabalho de Tite e, de quebra, cutucar seus antecessores no comando da Amarelinha. “Não sou o treinador da Seleção Brasileira. Eu respeito muito o trabalho do Tite, que me desculpe muito todos os outros selecionadores, mas já faz muito tempo que a Seleção Brasileira não tinha um treinador muito qualificado. Mais do que falar disso ou daquilo é olhar os números. Eu gosto muito de ver os números e os números que eu tenho são impressionantes”, disse o português. “Portanto, o que eu tenho que fazer e o que o Veiga tem que fazer é respeitar as decisões do selecionador, apoiar a Seleção e trabalhar diariamente como está trabalhando, com calma, com afinco, e nos jogos mostrar que está preparado para [ser convocado]. E tenho certeza absoluta que, mais cedo ou mais tarde, o Tite vai convocá-lo. Agora é só ele continuar focado aqui, no agora, nos treinos, nos jogos e fazer o que fez hoje no jogo, um passe açucarado, que faz a diferença”, completou. Para o treinador, além da assistência para Rony, o meia foi bem quando não teve a bola nos pés. Algo que precisa manter se quiser chamar a atenção – inclusive de Tite. “Nós sabemos da qualidade dele com a bola, é inegável a forma como finaliza, como passa, como chuta, como dribla, e nós queremos também um jogador disciplinado taticamente para que, de uma vez por todas, o selecionador [Tite] e outras equipes olhem para ele como um jogador completo”, finalizou. Sem Raphael Veiga, mas com o goleiro Weverton, também do Palmeiras, o Brasil joga pelas Eliminatórias Sul-Americanas nesta quinta-feira (27), às 18h, em Quito, contra o Equador. Já o Verdão volta a campo pelo Paulistão no sábado (29), às 16h, contra o São Bernardo, fora de casa.

Fonte: R7 – Esportes

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *