Brasília se enche de branco e dourado para anunciar 2023
Cerca de 30% da população estavam em situação de pobreza em 2021
Saúde Após dois anos de covid, um em cada quatro jovens não estuda
Após dois meses de queda, indústria cresce 0,3%, revela IBGE
Bloqueio no orçamento das universidades federais é suspenso

Queiroga anuncia redução de intervalo de doses da AstraZeneca

Ministério lembra que segunda dose deve ser tomada mesmo depois do prazo recomendado

Ministério lembra que segunda dose deve ser tomada mesmo depois do prazo recomendado Patrick T. Fallon/AFP

O Ministério da Saúde reduziu o intervalo entre as doses da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca. Antes, era preciso aguardar 12 semanas após a primeira aplicação para o recebimento da segunda dose. Agora, o intervalo mínimo é de oito semanas.

O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pelas redes sociais, nesta sexta-feira (15). “Então, fique atento e não perca o prazo para completar a sua imunização. Só assim você garante a máxima proteção contra o coronavírus. Vamos voltar à normalidade o mais breve possível”, escreveu Queiroga.

Segundo o ministério, a Pasta concluiu o envio das doses de AstraZeneca necessárias para completar o esquema vacinal de toda população adulta brasileira. “Quem ainda não completou o esquema vacinal e já está fora do prazo recomendado está mais vulnerável aos sintomas mais graves e óbito pela Covid-19”, diz nota do órgão.

Um levantamento do Ministério da Saúde feito nesta semana mostra que 19,3 milhões de brasileiros não buscaram a segunda dose e precisam procurar um posto de vacinação quanto antes. “A segunda dose deve ser tomada mesmo se o prazo recomendado já tiver vencido”, informa a Pasta.

Fonte: R7 – Saúde

Compartilhe este conteúdo!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *